DeAmazônia

MENU
Atualizado em 26/03/2020

A cidade do Amazonas de 40 mil habitantes que não tem caso suspeito da Covid-19

Um único caso suspeito do coronavírus que apareceu foi descartado

A cidade do Amazonas de 40 mil habitantes que não tem caso suspeito da Covid-19 Boletim divulgado pela Prefeitura de São Gabriel

POR JONAS SANTOS, da Redação 

DEAMAZÔNIA SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA, AM - A Prefeitura de São Gabriel da Cachoeira (distante 858 quilômetros de Manaus) atualizou nesta quinta-feira ( 26/03) o número de casos de coronavírus, no município. De acordo com o boletim da saúde não há nenhum caso suspeito, ou algum morador em investigação.

 

A população da cidade, que tem a montanha mais alta do país, o Pico da Neblina, passou por um susto, esta semana, quando foi noticiado o primeiro caso suspeito da Covid-19. Mas, foi só um susto, porque o caso também foi descartado.    

 

A Secretaria de Saúde do Município, recebe no trabalho de prevenção, o apoio do Dsei (Distrito Sanitário Indigena), órgão vinculado a Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena). São Gabriel é o município com a população mais indígena do país. É que 85% dos moradores pertencem as 23 etnias indígenas residentes no município. 

 

Lá, os índigenas seguem as medidas restritivas, contra a pandemia, a risca e quem desobedece as recomendações recebe um 'tranco' do cacique.

 

Na semana passada, o prefeito Clóvis Curubão (PT), da etnia Tariano, cancelou o Festival de Tribos do Alto Rio Negro (Festribal), que acontece, anualmente, em agosto. O evento era realizado há 26 anos.  

 

São Gabriel  fica localizada na tríplice fronteira Brasil/ Venezuela/ Colômbia e tem pouco mais de 40 mil habitantes.  

Sobe Catracas

YANA GADELHA, lutadora de MMA

Vinda do balé clássico, com apenas 10 meses de treinos, amazonense foi eleita "Revelação do Ano", no prêmio Osvaldo Paquetá, considerado o Oscar do MMA

Desce Catracas

JOCIONE SOUZA, prefeito de Novo Aripuanã

Justiça mandou ele pagar gratificações à professores municipais, atrasadas desde os anos de 2011 e 2012