Domingo, 20 de setembro de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 26/03/2020

Prefeitura de Parintins faz entrega de 3 mil cestas básicas

Prefeito Bi Garcia também autorizou SAAE a suspender cortes de água no município

Prefeitura de Parintins faz entrega de 3 mil cestas básicas COVID-19: Prefeitura de Parintins faz doação de 3 mil cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade social (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - A Prefeitura de Parintins, começou, nesta quarta-feira (25/3), a entrega de 3 mil cestas básicas, para famílias de baixa renda do município, cadastradas no Plantão Social da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação (Semasth).

 

A ação faz parte do Programa dos Benefícios Eventuais na categoria de calamidade pública, com objetivo de minimizar o impacto da pandemia do coronavírus, no município.

 

Inicialmente, foram atendidos os bairros periféricos da União e Paulo Corrêa. As cestas foram adquiridas com recursos próprios da Prefeitura.



"Estamos passando por um período de extrema dificuldade por causa do coronavírus. As famílias mais carentes são as mais impactadas e por isso estamos atuando na doação dessas cestas aos cadastrados no plantão social. É um auxílio de extrema importância diante desse cenário complicado", afirmou o prefeito. 

 

Bi Garcia também anunciou a aquisição, de 1 mil testes rápidos para a detecção do vírus, com recursos próprios do município.

 

Parintins tem dois casos confirmados do Coronavírus, incluindo uma morte. Até esta quarta-feira (25/3), 85 casos estavam em análise.

 

SAAE

O prefeito Bi Garcia, determinou ainda, que o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), suspenda o corte de água, em todas as residências do município e em estabelecimentos de atividade essenciais, durante o período de pandemia do Coronavírus.

Sobe Catracas

ORMY DA CONCEIÇÃO BENTES, desembargadora do AM

Magistrada foi eleita presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT11), para biênio 2020/2022

Desce Catracas

CHICO COSTA, ex-prefeito de Carauari

TCE-AM multou o ex-prefeito em R$134,6 mil por convênio irregular firmado com a Seduc em 2014