DeAmazônia

MENU
Atualizado em 25/03/2020

Mandetta pode ser demitido da Saúde por defender isolamento social, diz site do Estadão

Bolsonaro quer que Ministério da Saúde diga a população que só idosos devem ficar em casa

Mandetta pode ser demitido da Saúde por defender isolamento social, diz site do Estadão O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta pode ser demitido do cargo (Foto: © Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA - O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta pode ser demitido do cargo, pelo presidente Bolsonaro, por continuar recomendando isolamento social de brasileiros, para evitar proliferação da Covid-19 (coronavírus). É o que informa os jornalistas Vera Magalhães e Marcelo de Moraes, em matéria do site BR Político, do Estadão.

 

Segundo o site, Mandetta teria dito a aliados que vai manter o posicionamento, no sentido de recomendar o isolamento social generalizado, e não, “vertical”. Ou seja, só de idosos e pessoas com doenças preexistentes, como defendeu Jair Bolsonaro, em novo pronunciamento polêmico, nesta terça-feira (24/5).

 

Porém, conforme a reportagem, por ora, a disposição de Mandetta é permanecer no posto.

 

Na manhã de hoje (25), Jair Bolsonaro disse que pretende acabar com o isolamento total, recomendado pela Organização Mundial de Sáude.

Sobe Catracas

CLOVIS CORUBÃO, prefeito de São Gabriel da Cachoeira (AM)

Com 40 mil habitantes e 23 etnias indígenas, que são mais vulneréveis a gripe, cidade não têm nenhum caso suspeito do novo Coronavírus

Desce Catracas

CHICO ALFAIA, prefeito de Óbidos (PA)

Justiça determinou o bloqueio de R$ 100 mil, em bens do prefeito, por desvio de recursos do ICMS Verde repassados pelo estado, em 2017 e 2018