DeAmazônia

MENU
Atualizado em 25/03/2020

Maués monta barreira sanitária fluvial na entrada do município

“Para manter o quadro de zero casos confirmados de Covid-19 em Maués, precisamos intensificar as medidas preventivas”, afirmou o prefeito Junior Leite; VÍDEO

Maués monta barreira sanitária fluvial na entrada do município Prefeito Junior Leite e ao fundo barreira sanitária (Foto: reprodução/Redes Sociais)

DEAMAZÔNIA MAUÉS, AM - A Prefeitura de Maués montou, nesta segunda-feira (23),  uma barreira sanitária fluvial na entrada do município para conter o avanço da Covid-19. As equipes de saúde utilizarão a estrutura da Unidade Básica de Saúde Fluvial (UBSF) Silvio Raimundo de Oliveira Leite como base de trabalho no Rio Maués-Açú.

 

Além de fiscalização e monitoramento de embarcações vindas da capital ou municípios próximos, como Itacoatiara, Barreirinha, Boa Vista do Ramos, Nova Olinda (rio Madeira) e Parintins, este ultimo que teve o primeiro caso de óbito no interior do Amazonas, haverá orientações aos comunitários que saem da Zona Rural para a sede de Maués também.

 

A barreira sanitária é uma das medidas preventivas determinadas pelo prefeito de Maués, Junior Leite (PSC), que na última quarta-feira, 18, decretou situação de emergência na saúde e criou um Comitê Municipal de Enfrentamento e Combate a COVID-19 com integração de todas as secretarias municipais.

 

“Para manter o quadro de zero casos confirmados de Covid-19 em Maués, precisamos intensificar as medidas preventivas. Na barreira sanitária, teremos várias equipes de saúde monitorando todas as embarcações que estão chegando no município, durante todo o dia e noite. Como não podemos impedir a circulação dos transportes fluviais, vamos adotar uma fiscalização rigorosa, orientando e monitorando casos suspeitos”, disse o prefeito Junior Leite.

 

Em Maués também foram suspensas as aulas nas escolas municipais e o atendimento ao público em órgãos da esfera municipal, mantendo apenas serviços essenciais na saúde e limpeza pública. O objetivo é evitar aglomerações e com isso a transmissão comunitária. A medida deverá ter um prazo de 15 dias, podendo ser prorrogado pela Prefeitura se houver necessidade.

 

VEJA VÍDEO DO PREFEITO JUNIOR LEITE

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Junior Leite (@prefeitojuniorleite) em

 

Sobe Catracas

CLOVIS CORUBÃO, prefeito de São Gabriel da Cachoeira (AM)

Com 40 mil habitantes e 23 etnias indígenas, que são mais vulneréveis a gripe, cidade não têm nenhum caso suspeito do novo Coronavírus

Desce Catracas

CHICO ALFAIA, prefeito de Óbidos (PA)

Justiça determinou o bloqueio de R$ 100 mil, em bens do prefeito, por desvio de recursos do ICMS Verde repassados pelo estado, em 2017 e 2018