DeAmazônia

MENU
Atualizado em 25/03/2020

Após pronunciamento polêmico, Bolsonaro diz que 'ação dos governadores é crime'

Presidente voltou a pedir, na manhã desta quarta (25), reabertura do comércio e que população saia de casa: "ficar em casa é atitude de covarde"

Após pronunciamento polêmico, Bolsonaro diz que 'ação dos governadores é crime' Bolsonaro em entrevista na porta do Palácio da Alvorada (Foto: Reprodução/Video)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM – O presidente Jair Bolsonaro falou aos jornalistas na porta do Palácio da Alvorada na manhã desta quarta-feira (25/3) e confrontou os governadores, que tem adotado medidas restritivas de circulação de pessoas: "a ação dos governadores é um crime". 

 

Bolsonaro também chamou especificamente as ações dos governadores de São Paulo, João Doria (PSDB), e do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), de "demagogas".

 

Dobrando a aposta do pronunciamento feito na noite desta segunda-feira (24), Bolsonaro mandou a população sair de casa e também a imediata reabertura do comércio. "Ficar em casa é atitude de covarde", disse. 

 

Bolsonaro também comparou o coronavírus com uma chuva. "Temos que enfrentá-la, com ou sem guarda-chuva". 

 

O ocupante do Planalto disse que, ao propor a reabertura do comércio, segue o modelo do presidente dos EUA, Donald Trump. No entanto, Trump defende abrir o comércio do país somente após a páscoa. 

VEJA O VÍDEO

Sobe Catracas

YANA GADELHA, lutadora de MMA

Vinda do balé clássico, com apenas 10 meses de treinos, amazonense foi eleita "Revelação do Ano", no prêmio Osvaldo Paquetá, considerado o Oscar do MMA

Desce Catracas

JOCIONE SOUZA, prefeito de Novo Aripuanã

Justiça mandou ele pagar gratificações à professores municipais, atrasadas desde os anos de 2011 e 2012