DeAmazônia

MENU
Atualizado em 24/03/2020

Funcionários de portos do AM estão sem receber salários há três meses

Em plena crise do Covid-19, trabalhadores dos portos apelam para receber pagamentos de empresa terceirizada

Funcionários de portos do AM estão sem receber salários há três meses Porto de Nhamundá é um dos terminais gerenciados pela Comserviço LTDA (Foto: André Amazonas/Reprodução)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - Os funcionários de portos do Amazonas reclamam que estão sem receber salários desde o mês de janeiro, deste ano. A empresa responsável é a Comserviço LTDA., que presta serviços terceirizados no âmbito da AHIMOC (Administração das Hidrovias da Amazônia Ocidental), órgão vinculado ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

 

A denúncia é de servidores dos terminais portuários da região do Baixo Amazonas, que preferem não se identificar.

 

Conforme os funcionários, a empresa alega que os bancos estão fechados, devido suspensão de atendimento e mudança no horário em agências bancárias, pela pandemia do Coronavírus, e que, por isso, não realiza o pagamento.

 

No entanto, segundo a denúncia, os servidores estão com dificuldade para se manterem durante o isolamento social, recomendado pelo Ministério da Saúde, pela falta de pagamento.

 

“Já estamos indo para o terceiro mês sem receber [...]. Eles [empresa Comserviço LTDA.] alegam que os bancos estão fechados, o que não procede. Como a gente pode se proteger dessa pandemia se não recebemos nossos salários?”, disse um dos funcionários.

 

A reportagem entrou em contato com o responsável da empresa Comserviço, de nome Júlio, porém até o fechamento desta matéria, não obteve retorno.

Sobe Catracas

YANA GADELHA, lutadora de MMA

Vinda do balé clássico, com apenas 10 meses de treinos, amazonense foi eleita "Revelação do Ano", no prêmio Osvaldo Paquetá, considerado o Oscar do MMA

Desce Catracas

JOCIONE SOUZA, prefeito de Novo Aripuanã

Justiça mandou ele pagar gratificações à professores municipais, atrasadas desde os anos de 2011 e 2012