Quinta, 28 de maio de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 17/03/2020

Bolsonaro:‘Brasil estará livre do coronavírus se certo número de pessoas for infectado e criar anticorpos’

"O que está errado é a histeria, como se fosse o fim do mundo. Uma nação como o Brasil, por exemplo, só estará livre quando um certo número de pessoas for infectado e criar anticorpos', disse hoje (17), o presidente, em Entrevista a Rádio Tupi; COM ÁUDIO

Bolsonaro:‘Brasil estará livre do coronavírus se certo número de pessoas for infectado e criar anticorpos’ Presidente Jair Bolsonaro (reprodução)

BRASÍLIA  - O presidente Jair Bolsonaro [ sem partido], desafia todos os prognósticos de prevenção Organização Mundial de Saúde sobre a pandemia do coronavírus. Em entrevista Exclusiva concedida na manhã desta terça-feira a Rádio Tupi. , o presidente voltou a afirmar que a população brasileira está tratando o avanço da Covid-19 com “histeria” e disse que “um certo número de pessoas” deve ser infectado para que o Brasil fique livre da doença. 

 

"Nós íamos passar por isso. O que está errado é a histeria, como se fosse o fim do mundo. Uma nação como o Brasil, por exemplo, só estará livre quando um certo número de pessoas for infectado e criar anticorpos", afirmou Bolsonaro nesta terça-feira (17), durante entrevista ao programa Show do Antônio Carlos, veiculado pela rádio Tupi, do Rio de Janeiro.

OUÇA TRECHO DA ENTREVISTA AQUI

 

Outro ato surpreendente do presidente foi anunciar hoje que fará uma festa de para comemorar o aniversário dele e da primeira dama Michele, contrariando também todas as recomendações médicas, que proíbe aglomerações.

 

Domingo ( 15), suspeito de coronavírus, Bolsoanro foi ao encontro de apoiadores, durante manifestação em Brasília, saindo da quarentena domiciliar. O risco era grande porque Jair esteve na companhia de 13 pessoas que atestaram positivo para o coronavírus.    

 

O Brasil registrou hoje em São Paulo a primeira morte pela pandemia. Agora estão confirmados mais de 300 casos. O dobro de três dias atrás.

TWITTER DA RÁDIO TUPI, DO RIO, COM ÁUDIO DA ENTREVISTA DE BOLSONARO 

Sobe Catracas

PAULO BARRUDADA, empresário

Fez parceria com a Hemopa, oferecendo diárias grátis em hotel, a doadores de sangue de Santarém, visando incentivar aumento de bolsas

Desce Catracas

BETO D'ÂNGELO, prefeito de Manacapuru

Afrouxou em medidas restritivas e não decretou lockdown, mesmo cidade tendo mais de 2 mil casos de covid-19 e 84 mortes.