Terça, 07 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 25/02/2020

Adnet tira onda de Bolsonaro no desfile da São Clemente, no Rio

Escola apresenta enredo sobre "O Conto do Vigário"; humorista imitou flexão do presidente e escola trouxe bateria fantasiada de laranja

Adnet tira onda de Bolsonaro no desfile da São Clemente, no Rio Humorista fez "arminha" do alto do carro da São Clemente (Créditos: Dhavid Normando/Riotur)

O humorista Marcelo Adnet desfilou pela São Clemente na noite desta segunda-feira 24/II com uma fantasia inspirada em Jair Bolsonaro. Do alto de um dos carros alegóricos, vestindo uma peruca semelhante ao cabelo do presidente, Adnet repetiu gestos de "arminha" e levantou cartazes com chavões de Bolsonaro, como "talkei" e "a culpa é do Leonardo di Caprio".

 

A São Clemente foi a primeira escola a entrar na avenida no segundo dia - segunda-feira (24) - dos desfiles do Rio de Janeiro. Além de desfilar como destaque, Adnet também foi um dos compositores do samba-enredo "O Conto do Vigário".

 

O humorista também fez flexões, imitando o presidente. Em dezembro de 2018, já presidente eleito, Bolsonaro fez o exercício em visita ao Comando de Operações Táticas da Polícia Federal, em Brasília. À época ele ainda estava com bolsa de colostomia que recebeu após a cirurgia a que foi submetido devido à facada que levou em Juiz de Fora. O movimento feito pelo presidente gerou piadas, devido não estar correto.  

 

"O Brasil é assim. Acho que o lance das fake news é o verdadeiro conto do vigário", disse o humorista. "Um conto do vigário institucionalizado".

 

A bateria da escola veio fantasiada de laranja, representando o verso "Tem laranja! Na minha mão, uma é três e três é dez!", que pode ser interpretado com referência ao caso de supostas candidaturas laranjas do PSL, partido pelo qual Bolsonaro ganhou as eleições. 

 

 

 

 

Sobe Catracas

WILSON JÚNIOR, bailarino e coreógrafo

Amazonense leva para o Brasil a cultura do estado com projeto de oficinas de danças afro-americanas e boi-bumbá

Desce Catracas

IVON RATES, prefeito de Envira

Prefeito foi multado pelo TCE/AM por não prestar contas de recursos referente a contrato com a Seinfra para asfaltar estradas