DeAmazônia

MENU
Atualizado em 24/02/2020

Concurso de Fantasias e Máscaras volta ao palco do Teatro Amazonas em grande estilo

Evento reuniu 53 candidatos, que desfilaram suas produções para uma plateia lotada

Concurso de Fantasias e Máscaras volta ao palco do Teatro Amazonas em grande estilo Concurso de Fantasias e Máscaras volta ao palco do Teatro Amazonas em grande estilo (FOTOS: Michael Dantas)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Com direito a bateria de Escola de Samba fazendo a trilha sonora ao vivo, o tradicional Concurso de Fantasias e Máscaras voltou a acontecer no palco do Teatro Amazonas na noite do último domingo (23/02). Promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, o evento reuniu 53 candidatos, que desfilaram suas produções para uma plateia lotada.

A competição começou com a Melhor Idade. Com muita alegria, originalidade e disposição, cinco candidatas participaram da categoria. As vencedoras foram Maria Bernadete Pourado de Almeida, com a fantasia “Preserve a natureza, Amazônia nossa riqueza” (1º lugar); Tereza Cerdeiro Ribeiro, com a produção “A vovozinha viciada em pescaria” (2º lugar); e Maria Soares de Macedo, a “Madame da Amazônia” (3º lugar).

 

“Já havia participado uma vez do concurso e esse ano decidi voltar. Deu certo! Minha fantasia de um lado mostra a Amazônia verde, viva; e do outro ela está em chamas, seca, morta, chamando a atenção para o desmatamento, para as queimadas”, destacou a campeã da categoria, Maria Bernadete.

 

Na sequência, subiram ao palco do Teatro os 13 concorrentes da categoria Originalidade Feminino, que apresentaram muita criatividade, cores e grandes performances. Destacaram-se Denise de Lima Pereira dos Santos, a “Dona Flor e seus Dois Maridos” (1º lugar); Aurilene de Almeida Cerdeira, com a produção “Da reciclagem surge uma palhaça para folia” (2º lugar); e Luana Lima Gonçalves Militão com a temática “Acorda Brasil, Salva teus filhos” (3º lugar).

“Vim defender meu título. Em 2019 ganhei com a fantasia ‘Minha sogra é uma cobra’ e dessa vez trouxe ‘Dona Flor e seus dois maridos’, uma fantasia irreverente, que tão bem representa os amores do Carnaval”, comentou Denise dos Santos, bicampeã da categoria.

 

A categoria Originalidade Masculino teve dez competidores que apresentaram trabalhos glamourosos, com temáticas que foram de personagens de histórias infantis a protesto em favor do meio ambiente, passando por críticas sociais. Os três primeiros colocados foram: Clemilson Alexandre Pereira Vieira da Costa, com a fantasia “Venha mergulhar no mais lindo conto infantil da Pequena Sereia e da grande vilã Úrsula” (1º lugar); Marco Antonio Sahdo Monteiro, vestindo o “Enrolado em dívidas” (2º lugar); Helyandro Pinto da Silva, o “Senhor dos Sonhos” (3º lugar).

Em Luxo Feminino, foram cinco concorrentes desfilando fantasias cheias de strass, paetês, plumas e pedrarias. As melhores colocadas foram Ariane da Silva, a “Protegida dos Céus” (1º lugar); Brenda Pimentel Miranda da Costa, com a produção “China – O ano do dragão” (2º lugar); e Brenda Franco da Cruz, com “Tributo a Werner Botelho” (3º lugar).

 

Também com cinco competidores, a categoria Luxo Masculino apresentou produções grandiosas. Os melhores colocados foram Marcelo Alcântara Dias, com “A árvore ancestral dos continentes. A origem do mundo” (1º lugar); Fernando Cunha de Oliveira, o “Majestoso pavão real” (2º lugar); e Luiz Carlos Duarte Charchar Júnior, que vestiu “Tributo ao Wernher Botelho” (3º lugar).

Representantes de sete escolas de samba do Grupo Especial de Manaus, que desfilaram na noite de sábado (22/02) no Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho (Sambódromo), apresentaram-se na categoria Mestre-Sala e Porta Bandeira, e contaram com o apoio das torcidas.

 

Os vencedores foram: Lucas Gabriel Melo da Silva e Dayserreen de Souza Costa da Silva, da Aparecida, vestindo “Por entre os dias, o sol e a lua” (1º lugar); José Luiz Martins e Elane Batista Mendes, representando a Reino Unido, com “Amazonas verde magia” (2º lugar); e James Paixão Bezerra da Silva e Gracinete Gomes Ferreira Ramos, da Sem Compromisso, representando “O Eldorado amazônico com seu guardião” (3º lugar).

 

Máscaras

A modalidade Máscara, que premia apenas o primeiro colocado, teve seis participantes na categoria Originalidade. O vencedor foi Marco Giovanne Ferreira Sahdo Monteiro, fazendo uma crítica batizada de “Cara de político em ano de eleição”.

 

Na categoria Luxo, dois participantes. Leonardo Vasconcelos Monteiro garantiu o prêmio com a produção “Nossa Senhora de Aparecida, padroeira do Brasil”.

 

O evento contou ainda com a apresentação do Rei Momo e da Rainha do Carnaval.

 

Em família

O gerente operacional Artur Pinheiro prestigiou o concurso com a família e amigos, e entrou no clima do evento ao lado da esposa, Cristina Pedrosa, e da filha, Maria Helena, vestindo a fantasia “Família das Cavernas”.

 

“Viemos só assistir, mas vestidos a caráter. Todo ano entramos no clima do Carnaval e nos divertimos bastante em família. Esse ano, pela primeira vez, levamos nossa filha para o Desfile das Escolas de Samba, porque ela completou a idade mínima para entrar no Sambódromo, e foi muito legal, ela se divertiu bastante também”, contou.

Sobe Catracas

NATHÁLIA FARIA, karateca amazonense

Do topo do ranking nacional de karatê, atleta chega à seleção brasileira da categoria de base pela terceira vez

Desce Catracas

ADONEI AGUIAR, prefeito de Curinópolis (PA)

Afastado do cargo por acusação de integrar esquema criminoso, STF negou pedido dele para retornar ao cargo