DeAmazônia

MENU
Atualizado em 18/02/2020

Proprietários de veículos do Amazonas podem imprimir o CRLV na própria casa

Documento impresso em folha comum será validado por um QR Code; condutor deve realizar o download do aplicativo “Carteira Digital de Trânsito”

Proprietários de veículos do Amazonas podem imprimir o CRLV na própria casa Proprietários de veículos no Amazonas podem imprimir o CRLV na própria casa (FOTOS: MICHELL MELLO/SECOM)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A partir desta terça-feira (18/02), os proprietários de veículos do Amazonas também poderão imprimir o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) em papel comum na sua própria casa, com a mesma validade do documento oficial. O documento impresso em folha comum será validado por um QR Code específico. A novidade foi anunciada, na tarde desta quinta-feira (18/02), pelo diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Rodrigo de Sá, na sede da instituição, e está disponível apenas para pessoa física.

 

O proprietário de veículo também poderá emitir a segunda via pela internet, sem precisar agendar o atendimento e nem pagar taxa de vistoria, uma economia de R$ 160,92, além da praticidade de imprimir o documento de casa ou do local de trabalho em uma impressora comum.

 

O documento para impressão está disponível por meio do APP "Carteira Digital de Trânsito" ou no portal de serviços do Detran-AM (https://digital.detran.am.gov.br/), após o cadastro. Confira o passo a passo ao final do texto.

 

“O CRLV Digital, além de ser uma comodidade para a população, também é um item que vem contribuir com a segurança pública. A população, a partir de agora, vai poder imprimir o documento da sua própria casa, não necessitará vir até ao Detran para imprimir esse documento em papel moeda. Isso é um ganho do ponto de vista social enorme. A população vai economizar dinheiro. Para aquelas pessoas que estão fazendo o licenciamento do seu veículo, basta que paguem a taxa de licenciamento. Elas não precisarão vir até ao Detran pra imprimir o documento. Elas vão poder imprimir de suas próprias casas”, disse o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá.

 

Desburocratização

A implantação da comodidade faz parte da estratégia do Governo do Amazonas para desburocratizar o atendimento no serviço público. Após o Detran-AM adotar, em fevereiro de 2019, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo Digital (CRLV-e), a instituição implementa mais essa nova comodidade do documento digital.

 

Ao disponibilizar a nova opção, o Detran-AM está cumprindo, antes do prazo final de 30 de junho de 2020, a determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para que os Detrans do Brasil adotem o documento digital. O Amazonas é o 10º Estado a oferecer a opção de impressão em papel comum.

 

“Nós aderimos, em fevereiro do ano passado, ao CRLV Digital, mas ainda no formato que simulava o papel moeda e aquilo era utilizado tão somente no celular. A metodologia persiste, você ainda tem que usar no celular pra apresentar numa fiscalização. Você precisa estar com o celular carregado no aplicativo ‘Carteira Digital de Trânsito’ pra apresentar ao agente de trânsito. Agora você vai ter mais uma opção. Você vai poder imprimir na sua própria casa e em papel A4. A grande novidade é a total virtualização desse documento. O documento mudou de formato, ele não é mais inserido naquele contexto do papel-moeda, é formatado para um documento indexado em PDF que pode ser impresso em papel A4 da própria casa. E a grande novidade é que o usuário não vai mais precisar vir até o Detran nem ter a obrigatoriedade do papel-moeda”, reforçou Sá.

 

Integração

No Amazonas, a tecnologia desenvolvida pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), foi implementada pelo Governo do Amazonas, por meio do Detran-AM e da Empresa de Processamento de Dados do Amazonas (Prodam). Conforme a deliberação do Contran, o documento somente será expedido após a quitação dos débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito e ambientais, vinculados ao veículo, bem como do seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestres (DPVAT).

 

O presidente da Prodam, João Guilherme Moraes, ressalta que a empresa realizou reuniões com o Serpro para o alinhamento da integração. “A Prodam faz parte do grupo de transformação digital do governo federal para que a gente possa implantar essa transformação digital no Amazonas e isso começou pelo Detran”, reforçou Guilherme.

 

Como solicitar o CRLV

O condutor deve realizar o download do aplicativo “Carteira Digital de Trânsito”, que está disponível no Google Play (Android) e no APP Store (iOS), apenas para pessoa física. Depois de baixado, é necessário fazer o cadastro de usuário no próprio aplicativo e, então, adicionar o CRLV Digital, informando os mesmos dados. Para solicitar não é preciso possuir a CNH Digital e também não há necessidade de ir ao Detran-AM. O CRVL digital possui todas as informações do documento impresso e um QR Code, que pode ser lido para atestar a veracidade do documento em uma abordagem de trânsito.

 


O CRLV Digital pode ser compartilhado para até cinco pessoas, substituindo o documento físico, desde que o usuário/condutor também possua cadastro no aplicativo “Carteira Digital de Trânsito”. O usuário que receber o documento, por meio do compartilhamento, poderá apresentar a versão eletrônica em uma blitz.

 

Portal de Serviços Detran-AM

O proprietário de veículo também pode imprimir o documento em papel comum após cadastro no "Detran Digital". O primeiro passo é acessar o portal https://digital.detran.am.gov.br/, e escolher a opção "Fazer Cadastro". Em seguida preencher os dados pessoais – o e-mail é obrigatório e é a partir dele que o usuário poderá recuperar sua conta-, "Salvar o Cadastro".

 

Após salvar o cadastro, o usuário receberá um e-mail de confirmação para confirmar o cadastro. Depois de realizar o cadastro no "Detran Digital", o usuário acessa o portal na opção "Entrar", informar CPF e senha onde terá acesso ao CRLV Eletrônico que também poderá ser impresso em folha comum.

Tags:

Sobe Catracas

NATHÁLIA FARIA, karateca amazonense

Do topo do ranking nacional de karatê, atleta chega à seleção brasileira da categoria de base pela terceira vez

Desce Catracas

ADONEI AGUIAR, prefeito de Curinópolis (PA)

Afastado do cargo por acusação de integrar esquema criminoso, STF negou pedido dele para retornar ao cargo