DeAmazônia

MENU
Atualizado em 14/02/2020

Academia Amazonense de Letras recebe R$ 300 mil em emendas parlamentares

Deputados do AM destinaram verbas para apoio cultural possibilitando a realização de projetos da Casa de Adriano Jorge no decorrer de 2020

Academia Amazonense de Letras recebe R$ 300 mil em emendas parlamentares (Foto: Reprodução/Pedrinho Aguiar)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Para a realização de suas atividades culturais em 2020, a Academia Amazonense de Letras (AAM) foi beneficiada com R$ 300 mil em emendas impositivas de deputados da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam)

 

Os deputados Alessandra Campelo, Ricardo Nicolau e Serafim Corrêa destinaram verbas de apoio à Educação e Cultura para eventos que animarão a Casa de Adriano Jorge durante o ano de 2020.

 

Entre estes, o Projeto Academia de Portas Abertas que será realizado no segundo semestre do ano, com previsão de início no mês de julho. A programação já é sucesso de público e movimenta o espaço durante os domingos com visitas guiadas, palestras, saraus literários e programação musical.

 

Ainda com o apoio parlamentar, a Casa realizará a outorga da Medalha Péricles Moraes entre outros eventos tradicionais do Silogeu. As imposições permitem ainda a viabilização do Projeto Jovem Acadêmico, voltado a descobrir jovens escritores nas escolas da rede pública estadual e aproximá-los da Academia.

 

Além dos eventos, estão assegurados ainda as produções e lançamentos de livros e revistas da Academia Amazonense de Letras, com previsão de lançamentos já em março de 2020, com palestras, distribuição das obras e sessões de autógrafos.

 

O presidente do biênio 2020-2021, Robério Braga, comentou que o uso de recursos parlamentares como suporte para o Silogeu é muito recente, mas que garante mudanças significativas na rotina da Casa.

 

“Contar com este apoio parlamentar para garantir que a Casa esteja viva e disposta a receber o público, oferecendo uma programação cultural de qualidade é ainda uma dinâmica muito nova. Os parlamentares estão mais próximos e com olhos mais sensíveis para a causa da Academia Amazonense de Letras agora e se esta atitude nobre for perpetuada, com certeza teremos gerações futuras com um local certo para viver e conhecer a literatura amazonense. Para nós, acadêmicos, é uma mudança espetacular na rotina do Silogeu, traz vivacidade e ainda mais inspiração para a concepção de novas obras” comentou

 

Todos os eventos e programações da Academia podem ser acompanhados por meio de suas redes sociais e site oficial.  A Academia Amazonense de Letras fica na Rua Ramos Ferreira, esquina com Tapajós, 1009 – Centro.

 

Sobe Catracas

EMÍLIA FERRAZ, delegada de Polícia

Nomeada delegada geral da Polícia Civil do Amazonas, pelo governador, se torna primeira mulher a ocupar o cargo no estado

Desce Catracas

VALMIR CLÍMACO, prefeito de Itaituba (PA)

Pela segunda vez, Justiça condenou ele a suspensão dos direitos políticos, agora, por desvio de funções de servidores