DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/02/2020

Governo instala Gabinete de Crise para prevenir possíveis confrontos de facções no AM

SSP identificou sinais de confronto entre facções criminosas, no sistema prisional e nas ruas de Manaus, na noite desta segunda (10)

Governo instala Gabinete de Crise para prevenir possíveis confrontos de facções no AM Governador em exercício, Carlos Almeida (Foto: Tácio Melo/ Secom)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Governo do Amazonas instalou, na noite desta segunda-feira (10/02), Gabinete de Crise da Segurança Pública. A medida colocou todo o sistema de segurança em alerta, nas cadeias e nas ruas da cidade. Objetivo do Estado é se antecipar a qualquer tipo de distúrbio provocado por criminosos, em decorrência do intenso combate que o Governo vem executando contra o tráfico de drogas. Em 2019, os números de operações e de apreensões de entorpecentes foram recordes.

 

A SSP disse que o serviço de inteligência do gabinete identificou sinais de confronto entre facções criminosas, no sistema prisional e nas ruas da cidade, na noite desta segunda-feira (10/2), em Manaus.

 

Por determinação do governador Wilson Lima, que está em Brasília para reunião de governadores, o Gabinete de Crise foi instalado ainda no início da noite, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), da Secretaria de Segurança (SSP-AM). Estiveram presentes representantes de todas as forças de segurança pública estadual, do Tribunal de Justiça (TJAM), Ministério Público (MPE), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM) e da Defensoria Pública (DPE).

 

‘’Reunimos nossos comandantes das forças policiais e demais órgãos importantes nesse processo. Estamos nos antecipando e fazendo tudo que é preciso para resguardar a ordem nos presídios e a integridade da população. O firme combate ao tráfico provoca reações e estamos utilizando todo nosso aparato policial e de inteligência para proteger a população’’, destacou o vice-governador do Amazonas e secretário chefe da Casa Civil, Carlos Almeida, logo após instalar o Gabinete de Crise.

 

O secretário executivo de Segurança Pública, coronel Anézio Paiva, relatou que a necessidade de instalação do Gabinete foi identificada a partir dos sinais de desentendimento entre integrantes de facções, identificados pelos serviços de inteligência do Estado: da Secretaria de Inteligência (Seai), Polícia Militar e da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

 

No fim de semana, informa o secretário de Administração Penitenciária, coronel Marcus Vinícius, as visitas nos presídios foram suspensas no domingo. ‘’Uma estratégia para resguardar a vida dos visitantes em caso de confronto entre detentos’’, disse.

 

Ações imediatas

"Nosso monitoramento é contínuo e assim que percebemos novos sinais de possibilidade de conflito, passamos a adotar novas medidas, como isolamento de detentos e a própria suspensão das visitas". Segundo o secretário, as vistorias também têm sido intensificadas, frequência que também será ampliada.

 

O comandante da Polícia Militar (PM), coronel Ayrton Norte, afirmou que já nesta noite de segunda-feira, o efetivo da PM foi ampliado em Manaus. ‘’Mantivemos as equipes do dia no turno da noite, para somar esforços. Nosso objetivo é justamente se antecipar e aumentar a segurança à população.

Sobe Catracas

LUIZ PACHECO, presidente da Escola de Samba Aparecida

Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida foi campeã do Carnaval de Manaus 2020

Desce Catracas

JOSÉ LUIZ FELÍCIO FILHO, presidente da MAP/Passaredo

Map Passaredo Linhas Aéreas deixou o trecho Parintins-Manaus-Parintins sem voos durante os três dias do Carnaval