DeAmazônia

MENU
Atualizado em 24/01/2020

MPF pede à Justiça suspensão do Sisu, Prouni e Fies

Órgão argumenta que a nova conferência é necessária para garantir a correspondência entre o gabarito utilizado e a prova realizada pelo candidato

MPF pede à Justiça suspensão do Sisu, Prouni e Fies Ministro da Educação, Abraham Weintraub (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)

O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça Federal que determine a suspensão das inscrições do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e a alteração dos calendários do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) e do Prouni (Programa Universidade Para Todos).

 

Antes, o MPF pediu que o Ministério da Educação suspendesse as inscrições do Sisu, diante dos erros nas correções do Exame Nacional do ensino Médio (Enem), mas o governo federal ignorou.

 

Agora, o MPF decidou acionar a Justiça para que a suspensão seja aplicada até realização de auditoria e nova conferência dos gabaritos de todos os candidatos do Enem. 

 

O órgão argumenta que a nova conferência é necessária para garantir a idoneidade, a correção do resultado do exame e a correspondência entre o gabarito utilizado e a prova realizada pelo candidato.

 

O Ministério da Educação (MEC) afirma que cerca de 6 mil tiveram as notas alteradas, mas 172 mil candidatos encaminharam mensagens ao Inep com queixas. O Ministério da Educação abriu as inscrições nesta terça-feira (21).

Sobe Catracas

LUIZ PACHECO, presidente da Escola de Samba Aparecida

Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida foi campeã do Carnaval de Manaus 2020

Desce Catracas

JOSÉ LUIZ FELÍCIO FILHO, presidente da MAP/Passaredo

Map Passaredo Linhas Aéreas deixou o trecho Parintins-Manaus-Parintins sem voos durante os três dias do Carnaval