DeAmazônia

MENU
Atualizado em 23/01/2020

SSP-AM prepara investimentos de R$ 41 milhões em novos equipamentos

Entre os itens, constam sete lanchas, sendo quatro blindadas, e armamentos como fuzis, metralhadoras, pistolas e espingardas.

SSP-AM prepara investimentos de R$ 41 milhões em novos equipamentos De acordo com o secretário de segurança, coronel Louismar Bonates, os investimentos da pasta representam avanço importante no combate ao crime.

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Para fortalecer o combate ao narcotráfico, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) vai investir R$ 41 milhões em novos equipamentos em 2020. Entre os itens, constam sete lanchas, sendo quatro blindadas, e armamentos como fuzis, metralhadoras, pistolas e espingardas. Os recursos são oriundos de recursos próprios do Governo do Estado, de parcerias com o governo federal e emenda parlamentar. Parte dos equipamentos já foi adquirida.

 

Os equipamentos vão reforçar as ações contra a criminalidade e complementam o trabalho iniciado ano passado, quando foram adquiridos mais de 29,5 mil itens para a segurança pública do estado, entre armamentos e materiais para o sistema, que superaram o montante de R$ 500 mil em investimentos.

 

Pela primeira vez no estado, os servidores do sistema de segurança vão contar com lanchas a prova de balas, que serão utilizadas para o policiamento nos rios, áreas de fronteira e combate à ação dos piratas. Quatro lanchas modelo Aruanã, orçadas em R$ 6,9 milhões, estão previstas para chegar já no primeiro semestre deste ano. O Amazonas vai receber também computadores e central telefônica avaliada em mais de R$ 3 milhões.

 

Além desse material, haverá investimento em recursos humanos, com a contratação de fisioterapeutas, visando a saúde do agente de segurança pública.

 

De acordo com o secretário de segurança, coronel Louismar Bonates, os investimentos da pasta representam avanço importante no combate ao crime. Para 2020, o governador Wilson Lima aumentou o orçamento da secretaria em quase R$ 500 mil, melhorando as condições de trabalho e permitindo a ampliação de investimentos no setor.

 

“Outra ação importante que teremos, já no primeiro semestre, é a inauguração da base arpão, que vai funcionar no Rio Solimões, na região entre as cidades de Coari e Tefé, além da criação de uma tropa especializada para atuar nas fronteiras do estado. Essas são respostas necessárias que estamos dando para prevenir que as drogas entrem no estado, e, consequentemente, inibindo toda a cadeia de crimes que dela decorre”, destacou Bonates.

 

Outras iniciativas Em março de 2020, a Secretaria de Segurança vai coordenar o primeiro Encontro Sul-Americano de Agências de Inteligência de Fronteiras. O evento contará com a presença de representantes de estados e países fronteiriços ao Amazonas, contando também com a participação de autoridades da Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Colômbia e Peru, além das Guianas Francesa e Inglesa e o Suriname.

 

Já há presenças confirmadas de representantes do FBI e da Agência Anti-Drogas dos Estados Unidos. A SSP-AM também está convidando agências de inteligência de países europeus.

 

Outra ação importante iniciada pelo governo do Amazonas, em parceria com o governo federal, é o Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras (Vigia), projeto estratégico do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) que será implementado no estado. Equipes de policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) já estão em Tabatinga em um processo de preparação para o projeto.

 

CIISPR-N No no passado, o MJSP e o Governo do Amazonas também inauguraram em Manaus o Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública – Regional Norte (CIISPR-N). A unidade faz parte do pacote de entregas da Rede de Centros Integrados de Inteligência de Segurança Pública, um dos projetos estratégicos do Governo Federal, desenvolvido em parceria com os governos estaduais. Entre as principais funções do CIISPR-N está a coleta, análise e disseminação de Inteligência para tomadores de decisão dos estados e demais agências de inteligência de segurança pública do país.

Sobe Catracas

FLÁVIA MOTA, jogadora de futebol

De Manacapuru (AM), atleta foi convocada pela CBF para disputar pela Seleção Brasileira Sub-20, o Sul-Americano, na Argentina

Desce Catracas

JAMILSON CARVALHO, prefeito de Anori (AM)

Juíza proibiu três escolas de samba da cidade de homenagear o prefeito, no Carnaval 2020, por caracterizar promoção pessoal, em ano eleitoral