DeAmazônia

MENU
Atualizado em 22/01/2020

Sidney rechaça Guedes: ‘ribeirinhos protegem a floresta sem apoio do governo’

Ao rebater ministro, deputado federal cobrou benefícios para ribeirinhos e indígenas que protegem a floresta amazônica

Sidney rechaça Guedes: ‘ribeirinhos protegem a floresta sem apoio do governo’ Deputado federal, Sidney Leite, rebate Guedes: ' falta é benefícios para os pobres"

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O deputado federal Sidney Leite (PSD/AM) rechaçou com veemência a declaração do ministro da Economia, Paulo Geudes, que atribui as famílias pobres da Amazônia a responsabilidade pelo desmatamento da floresta.

 

No Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíca, nesta terça-feira (21), o ministro disse que " o maior inimigo do meio ambiente é a pobreza e que os pobres desmatam a floresta para comer”. Uma mentira deslavada.

 

Para Leite, o ministro demonstra, claramente, o seu total desconhecimento do Amazonas e da Amazônia e todas as potencialidades econômicas e ambientais contidas na região.

 

Sidney Leite cobrou do governo federal investimentos sociais e econômicos para beneficiar ribeirinhos e indígenas que protegem a floresta e não recebem apoio devido.

 

"O Estado do Amazonas tem mais de 97% de sua floresta em pé e, se mantém assim pelo pobres, ribeirinhos, indígenas, caboclo e o pescador, que vivem pela benevolência da natureza e, muitas vezes fruto, isoladamente, do seu suor, do seu trabalho e, sem nenhum apoio de investimentos do governo federal", defendeu.

 

O deputado reiterou que o Amazonas e a região Norte são as áreas que, ao longo dos anos, menos receberam investimentos federais e, não bastasse isso, o ministro Paulo Guedes, com suas medidas econômicas, ainda quer acabar com o instrumento que garante a conservação da floresta em pé e o principal modelo econômico da região: a Zona Franca de Manaus (ZFM).

 

Cientistas apontam que a exploração de madeireiros, garimpo e o agronegócios são os principais responsáveis pelo desmatamento da Amazônia. 

 

 

Sobe Catracas

FLÁVIA MOTA, jogadora de futebol

De Manacapuru (AM), atleta foi convocada pela CBF para disputar pela Seleção Brasileira Sub-20, o Sul-Americano, na Argentina

Desce Catracas

JAMILSON CARVALHO, prefeito de Anori (AM)

Juíza proibiu três escolas de samba da cidade de homenagear o prefeito, no Carnaval 2020, por caracterizar promoção pessoal, em ano eleitoral