DeAmazônia

MENU
Atualizado em 14/01/2020

Jovens de projeto social ganham oportunidade de trabalho e aprendizado na Unimed Manaus

Jovens contratados por 12 meses, fazem parte da turma 2020 do Programa Aprendiz Cooperativo, do SESCOOP/AM

Jovens de projeto social ganham oportunidade de trabalho e aprendizado na Unimed Manaus Jovens contratados por 12 meses, fazem parte da turma 2020 do Programa Aprendiz Cooperativo, do SESCOOP/AM

DEAMAZÔNIA MANAUS,AM - Vinte e cinco jovens, com idade a partir de 14 anos, foram contratados pela Unimed Manaus e, a partir de hoje (14/01) deram os primeiros passos para ter uma carreira profissional. Eles fazem parte da turma 2020 do Programa Aprendiz Cooperativo, do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Amazonas (SESCOOP/AM) e, nos próximos 12 meses, irão se revezar entre as aulas teóricas e o trabalho no dia a dia nas unidades da Unimed Manaus.  

 


Boa parte desses jovens é atendida pelo Projeto Gente Grande, da Associação Beneficente O Pequeno Nazareno, que trabalha com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Guilherme da Silva Meireles, 15 anos, filho do meio de uma família de três irmãos, que sonha ser veterinário é um dos adolescentes que participa do projeto e foi contratado pela Unimed Manaus. Ele já tem planos para quando receber o dinheiro da bolsa: vai comprar um celular.

 


De acordo com o presidente executivo da Cooperativa Médica, Sérgio Ferreira, abrir espaço para o jovem aprendiz é uma questão de responsabilidade social e contribui para redução da exploração da mão de obra infantil. Ao mesmo tempo em que contribui para que os jovens ganhem experiência e tenham mais chance de crescer profissionalmente, e a Unimed Manaus está contribuindo para isso. 

 


Sérgio Ferreira cita o exemplo de dois funcionários da Cooperativa que após concluírem o período de aprendizagem, foram contratados. Lucas Passos da Silva e Samara Cavalcante chegaram a Unimed Manaus em 2014, na condição de jovem  aprendiz, e na sequência, foram contratados na função de assistente de custos e assistente intercâmbio, respectivamente.

 


“Se a Unimed Manaus não tivesse me dado essa oportunidade, não sei se hoje eu estaria empregado. Durante o período de jovem aprendiz pude colocar em prática toda teoria aprendida nos cursos. Aprendi como me comportar no trabalho, como me relacionar com os clientes, com os colegas de trabalho. Agradeço muito a oportunidade”, afirma Lucas da Silva, hoje com 21 anos. Ele foi contratado como aprendiz aos 16 anos.

 


Durante o período de aprendizagem os jovens aprendizes contratados pela Unimed Manaus receberão um valor de meio salário mínimo, além de vale transporte. Durante o mês, em semanas alternadas, eles frequentarão as aulas dos cursos de formação, no SESCOOP/AM, e as atividades administrativas, nas unidades da cooperativa. A carga horária laboral é de 4 horas, de segunda a sexta-feira.

Sobe Catracas

DELISSA VIEIRALVES FERREIRA, promotora de Justiça

Ação Civil Pública, em conjunto com a promotora Nilda Silva, derrubou na Justiça decisão da Seduc de militarizar Escola Tiradentes, em Manaus

Desce Catracas

RAYLAN BARROSO, prefeito de Eirunepé

Foi cobrado pelo MPF para fazer processo seletivo, pagar funcionários indigenas e regularizar merenda escolar