Sábado, 15 de agosto de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/01/2020

"A Feiticeira Maravilhosa" estreia neste domingo (12) na Academia Amazonense de Letras

A peça de teatro infanto-juvenil conta as aventuras de crianças ribeirinhas do Amazonas; entrada é gratuita

Na peça, duas crianças conquistam a confiança de uma feiticeira que vive na mata (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A peça teatral “A Feiticeira Maravilhosa” estreia neste domingo (12/1), na sede da Academia Amazonense de Letras, localizada na avenida Ramos Ferreira, Centro de Manaus. A encenação será realizada pela Interarte Produções e é o primeiro espetáculo da companhia de 2020.

 

O espetáculo, inspirado na obra do o poeta e escritor amazonense Elson Farias, conta as aventuras de crianças no interior do Amazonas. A montagem da apresentação surgiu a partir do edital de apoio à produção e montagem dos imortais da Academia Amazonense de Letras, no qual a Interarte foi premiada.

 

O espetáculo se passa numa cidade no coração da Amazônia, onde vivem as crianças Menina Zuzu, Mana Mimi, Zezé e o Primo Duquinha cercadas de natureza com muitas árvores, aves e animais. Todos em perfeita harmonia. Atentas às cantigas e histórias das lavadeiras na beira do rio, as crianças descobrem que, na floresta, vive uma Feiticeira muito misteriosa e, segundo as falações, muito feia.

 

Curiosos, Zezé e Primo Duquinha partem em busca da Feiticeira e, ao cair da noite, conhecem uma floresta cheia de sons e habitantes desconfiados. As corujas e os sapos comentam sobre a presença dos dois meninos e logo a Feiticeira fica sabendo e não gosta da notícia.

 

A adaptação e direção da peça são de Roger Barbosa e no elenco estão Allícia Castro, Ariane Feitoza, Clayson Charles, Marcia Amorim e Raphael Frota.

 

Os figurinos são inspirados nas ilustrações de Marcio Matias no livro publicado pela Editora Valer, seguimos as cores e estilos que levam a um conjunto interiorano para o núcleo das lavadeiras e das crianças. Para os personagens animais foram confeccionados bonecos a partir de cestos e abanadores.

Sobe Catracas

ARLINDO NETO, cantor

Estreou em grande estilo, em apresentação solo, seguindo legado do pai

Desce Catracas

DELEGADO PABLO OLIVA, deputado federal

Investigado por usar mãe e irmão como laranjas em suposto esquema de corrupção