DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/01/2020

Rainha da Aparecida, Juh Campos disputa coroa de Rainha do Carnaval de Manaus 2020

Concurso que vai eleger a Côrte do Carnaval da capital acontece nesta sexta (10), no Olímpico Clube

Rainha da Aparecida, Juh Campos disputa coroa de Rainha do Carnaval de Manaus 2020 Juh Campos disputa título de Rainha do Carnaval de Manaus 2020 (Foto: Lucas Monteiro/Reprodução/Instagram)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A rainha da escola de samba Mocidade Independente de Aparecida de Manaus, Juh Campos, concorre à coroa de Rainha do Carnaval de Manaus 2020 e pediu o apoio e a torcida de todos os apaixonados pela escola ‘Soberana’, que possui o maior número de títulos da festa.

 

O evento que vai escolher a Côrte do Carnaval será realizado nesta sexta-feira (10/1), a partir das 21h, no salão do Olímpico Clube, na avenida Constantino Nery com a Kako Kaminha, zona Centro-Sul de Manaus.

 

“EITAAAAA MINHA MANAUS, TÁ CHEGANDO A HORA MEUS AMORES... VAMOS SE JOGAR COMIGO NESSE CARNAVAL??? Falta apenas 01 dia para o concurso que irá eleger a côrte do carnaval de Manaus, e eu quero muito fazer parte como rainha do carnaval. Conto com o apoio de todos e aguardo vocês nesta sexta-feira dia 10.01 no Olímpico Clube. VAMOS QUE VAMOS QUE 2020 PROMETE MUITAS EMOÇÕES”, legendou Juh Campos, em sua conta do Instagram.

 

Esta é a segunda vez que Juh concorre ao título de Rainha do Carnaval. “Me sinto pronta para me divertir, brilhar, ser feliz e se eu ganhar será apenas uma consequência da reunião destes ingredientes”, afirmou a ‘Soberana’.

 

Este ano, o concurso passou por mudanças, e vai contar com duas princesas ao invés da ‘Mulata de Ouro’, como nos anos anteriores. Além da Rainha do Carnaval serão escolhidas a primeira e segunda princesas, Passista de Ouro e o soberano da folia, Rei Momo.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por J U H C A M P O S (@jurainhasoberana) em

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por J U H C A M P O S (@jurainhasoberana) em

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por J U H C A M P O S  (@jurainhasoberana) em

 

 

 

 

 

 

 

Sobe Catracas

DELISSA VIEIRALVES FERREIRA, promotora de Justiça

Ação Civil Pública, em conjunto com a promotora Nilda Silva, derrubou na Justiça decisão da Seduc de militarizar Escola Tiradentes, em Manaus

Desce Catracas

RAYLAN BARROSO, prefeito de Eirunepé

Foi cobrado pelo MPF para fazer processo seletivo, pagar funcionários indigenas e regularizar merenda escolar