DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/12/2019

Prefeitura de Manaus desembolsa R$ 54,8 milhões para pagamento de 13º

Segunda parcela do 13º salário foi paga nesta sexta (13)

Prefeitura de Manaus desembolsa R$ 54,8 milhões para pagamento de 13º Prefeito vistoria obras no Parque das Nações. Foto: Alex Pazuello/Semcom

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O prefeito de Manaus Arthur Neto destacou o desembolso de R$ 54,8 milhões nesta sexta-feira (13/12), com o pagamento da segunda parcela do 13º salário a, aproximadamente, 40 mil servidores públicos. O pagamento foi feito hoje.

 

A prefeitura também vai antecipar o calendário de pagamento da folha de dezembro aos servidores e, somando com os valores do 13º salário, estará injetando mais de R$ 190 milhões na economia do município antes dos festejos natalinos.

 

“Antecipar o pagamento do 13º é uma coisa tão natural para prefeitura, sempre foi assim na nossa gestão, desde o primeiro ano. E ficou ainda mais fácil depois que alcançamos o equilíbrio fiscal e, com isso, conseguimos garantir o dinheiro do 13º salário bem antes do necessário, o que passa tranquilidade aos nossos servidores”, afirmou o prefeito Artur Neto.

 

Segundo Arthur Neto, o recurso para o pagamento do 13° salário dos servidores municipais estava garantido desde setembro, mas a legislação só permite o pagamento em dezembro.

 

 

A pontualidade no pagamento do funcionalismo público é uma das marcas da atual gestão da Prefeitura de Manaus, graças ao planejamento financeiro e a otimização da máquina administrativa, aliados às ações frente à receita municipal.

 

“Eu não concebo a ideia de não pagar em dia um trabalhador, acho imoral. Por isso, nos dedicamos, planejamos, administramos bem os recursos, para que não haja nenhum obstáculo”, finalizou o prefeito.

 

Sobe Catracas

WILSON NOGUEIRA, jornalista e escritor

Lançou livro "Ecossistema da Comunicação" em Parintins, sua cidade natal, e anunciou doação de 1,6 mil exemplares para Biblioteca Municipal

Desce Catracas

BETO D'ANGELO, prefeito de Manacapuru

População protestou contra caos na saúde pública e pede que ele contrate médicos qualificados e tome providências sobre estrutura do Hospital