DeAmazônia

MENU
Atualizado em 12/12/2019

Expopin 2019 terá cursos para produtores, oferecidos pela Sepror

Feira Agropecuária de Parintins inicia neste sábado (14/12)

Expopin 2019 terá cursos para produtores, oferecidos pela Sepror Foto: Divulgação

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) e suas vinculadas (Idam, Adaf, ADS), oferecerá cursos de capacitação para os produtores de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). As capacitações serão realizadas durante a Exposição Agropecuária de Parintins (Expopin), que acontecerá de 14 a 22 de dezembro. (Veja ciclo de palestras ao final da matéria)

 

Já os cursos serão realizados de 18 a 20 de dezembro com temas variados tais como Políticas Públicas para Agricultura Familiar, Pesca Manejada, Boas Práticas da Mandioca, Cadeia Produtiva do Leite, Alimentação e Nutrição de Bovinos e Bubalinos, e Morfologia do Gado Leiteiro.

 

Para a zootecnista da Sepror, Meyb Seixas, que ministrará algumas palestras durante a Expopin, esses cursos visam falar sobre as ações que a Secretaria está executando em prol do desenvolvimento do setor primário.

 

“Esses temas foram pensados no público específico de Parintins, que tem uma economia muito forte em torno do setor pecuário, e com grande tradição na criação de bovinos e bubalinos. Por isso, é imprescindível a tecnificação do sistema de produção para que os produtores possam ter um incremento na produtividade”, esclareceu Meyb.

 

A coordenadora das palestras e servidora da Sepror, Elisabeth Castro, informou que os produtores poderão tirar todas as dúvidas no que diz respeito à produção rural, assim como receberão cartilhas informativas das 21 cadeias que estão sendo priorizadas pelo Governo do Amazonas. “Essa é uma oportunidade única e muito esperada pelos produtores do interior, sempre tão carentes de informação”, disse Elisabeth.

 

Termo de Convênio

Foi repassado, por meio de Termo de Convênio, celebrado entre o Governo do Amazonas, por intermédio da Sepror, e a Prefeitura Municipal de Parintins, a quantia de R$ 200.000,00 para apoiar a realização da Feira de Exposição Agropecuária de Parintins.

 

Expopin

A 34ª Exposição e Feira Agropecuária de Parintins (Expopin), que acontecerá de 14 a 22 de dezembro, oferecerá diversas atrações, como corrida de cavalo, leilões, prova do laço, concurso leiteiro, concurso do melhor queijo, atrações musicais, entre outros.

 

O presidente da Associação dos Pecuaristas de Parintins (APP), Telo Pinto, afirma que o governador do Amazonas entendeu a necessidade da retomada do evento agropecuário e determinou, durante ação do “Amazonas Presente”, que a Sepror e a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana (Seinfra) unissem esforços para avançar na revitalização do Parque de Exposições.

 

“A Feira não acontecia havia mais de cinco anos. Por determinação do governador Wilson Lima, assumimos e cumprimos o compromisso”, disse Petrucio.

 

Reforma

Aproximadamente R$ 600 mil foram viabilizados para reforma do local onde acontecerá a Expopin. A Feira, que gerará oportunidades de negócios e movimentações econômicas, acontecerá no Parque de Exposições Luiz Lourenço de Souza, na estrada Odovaldo Novo.

 

A obra de reforma do Parque de Exposições em Parintins, sob responsabilidade da Seinfra, está mantendo o padrão da estrutura de madeira existente, com peças de madeira com tratamento anticupim, no prédio administrativo e no abrigo de exposição.

 

A implantação do sistema de abastecimento de água e de esgoto está atendendo à demanda dos prédios de uma forma mais otimizada, com melhor padronização do sistema de esgoto. Em relação aos serviços de reestruturação da parte elétrica, foram realizados testes de continuidade dos alimentadores da subestação até o quadro de distribuição visando melhor redistribuição na rede de circuitos internos, pretendendo melhorar o fornecimento de energia elétrica em toda a estrutura do parque.

Sobe Catracas

DELISSA VIEIRALVES FERREIRA, promotora de Justiça

Ação Civil Pública, em conjunto com a promotora Nilda Silva, derrubou na Justiça decisão da Seduc de militarizar Escola Tiradentes, em Manaus

Desce Catracas

RAYLAN BARROSO, prefeito de Eirunepé

Foi cobrado pelo MPF para fazer processo seletivo, pagar funcionários indigenas e regularizar merenda escolar