Terça, 07 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 03/12/2019

Primeiro centro integrado de Manaus está quase pronto para receber alunos no ano de 2020 

Prefeito Arthur Neto afirmou que a unidade será inaugurada ainda este ano; centro tem capacidade para atender 400 crianças

Primeiro centro integrado de Manaus está quase pronto para receber alunos no ano de 2020  Prefeito vistoria obras do Cime no ramal do Brasileirinho (Foto: Alex Pazuello/Semcom)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O primeiro dos quatro Centros Integrados Municipais de Educação (Cimes), que está sendo construído no Distrito Industrial 2, já está com a obra em fase final e será incorporado à rede municipal de ensino ainda no início do ano letivo de 2020. Nesta segunda-feira, 2/12, o prefeito Arthur Virgílio Neto esteve vistoriando os serviços no local e disse que a expectativa é que a unidade seja inaugurada até o final deste ano, marcando uma nova etapa na educação em Manaus.

“Em matéria de estrutura, não conheço nenhuma escola de Manaus que tenha a oferecer o que nós vamos oferecer à população. Já estamos com 92% da obra concluída. Cada unidade do Cime –  uma de educação infantil e outra de ensino fundamental –  tem 12 salas de aula, amplas unidades administrativas, área para brincar, quadras poliesportivas e solários”, destacou o prefeito.

 

Ele também anunciou que espaço receberá o nome de Josefina Rosa de Castro. “Fico até emocionado, porque nos melhores sonhos a gente imaginava que isso poderia acontecer para a classe média e nunca para as classes mais populares da cidade”, completou.

 

Ainda de acordo com Arthur Neto, a obra deve ser entregue no final de dezembro e já no início de 2020 estará integrada à rede municipal de ensino. Cada unidade atenderá, aproximadamente, 400 crianças.

 

 

A prefeitura também entra com a contrapartida de sete creches. “Nós passamos a fase da revolução pedagógica, onde subimos nos indicadores nacionais, e estamos chegando na revolução da infraestrutura”, disse o prefeito.

 

Além do Cime do Distrito Industrial, a Prefeitura de Manaus também está construído outros três Cimes em áreas consideradas periféricas e de baixo poder econômico: Lago Azul, na zona Norte; comunidade Gilberto Mestrinho e Jorge Teixeira, ambos na zona Leste.

 

Sobe Catracas

WILSON JÚNIOR, bailarino e coreógrafo

Amazonense leva para o Brasil a cultura do estado com projeto de oficinas de danças afro-americanas e boi-bumbá

Desce Catracas

IVON RATES, prefeito de Envira

Prefeito foi multado pelo TCE/AM por não prestar contas de recursos referente a contrato com a Seinfra para asfaltar estradas