DeAmazônia

MENU
Atualizado em 30/11/2019

Omar denuncia ANAC e Passaredo/MAP ao Cade e convoca para se explicarem no Senado

ANAC, Anatel e Aneel não fiscalizam serviços de aviação, telefonia e internet e contas abusivas de energia, denunciou senador

Omar denuncia ANAC e Passaredo/MAP ao Cade e convoca para se explicarem no Senado Omar Aziz denunciou agências reguladoras, ao Cade

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O senador Omar Aziz (PSD), coordenador da bancada do Amazonas, em Brasília, denunciou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e a empresa Passaredo/MAP Linhas Aéreas, por suspeita de suposta fraude na transação do repasse de sete lotes, para a companhia operar em São Paulo. Desse modo, a Passaredo/MAP promoveu um apagão aéreo no Amazonas, que prejudicou principalmente o interior, do estado.

 

“Não sei como a ANAC conseguiu ter sete lotes para a empresa em São Paulo, sem ter condições de colocar um avião para o nosso estado [...] a ANAC entregou esses lotes, uma semana depois vendeu para a Passaredo e retirou as aeronaves do Manaus Aerotáxi. Com isso ficamos desabastecidos na aviação regional”, afirmou o senador, na tribuna. 

 

Omar denunciou ainda as agências reguladoras, como por exemplo, a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), de não fiscalizar os serviços e os preços abusivos nas contas de energia e a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), sobre a precariedade na telefonia e internet no Estado do Amazonas. 

 

“Não temos a telefonia que todos os brasileiros tem acesso e internet (no Amazonas) [...] A Aneel é uma verdadeira brincadeira, ela consegue aumentar a tarifa [contas de luz] a cada mês, mas não consegue melhorar a qualidade da energia, nas regiões”, disse Omar, se ferindo a região Norte e Nordeste. 

 

E completou: “Para quê serve as agências reguladoras, se não cumprem o papel delas, que é prover brasileiros de um bom serviço?”.

 

Omar Aziz, que também é presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), convocou o presidente da Anac, Ricardo Botelho, e o dono da Passaredo/MAP, José Luiz Felício Filho, para dar explicações na comissão do Congresso sobre a compra dos lotes e apagão aéreo no Amazonas, 

VEJA O VÍDEO DO SENADOR OMAR AZIZ

Sobe Catracas

DELISSA VIEIRALVES FERREIRA, promotora de Justiça

Ação Civil Pública, em conjunto com a promotora Nilda Silva, derrubou na Justiça decisão da Seduc de militarizar Escola Tiradentes, em Manaus

Desce Catracas

RAYLAN BARROSO, prefeito de Eirunepé

Foi cobrado pelo MPF para fazer processo seletivo, pagar funcionários indigenas e regularizar merenda escolar