Sábado, 30 de maio de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 27/11/2019

LEÃO AZULAY # Os novos tempos

LEÃO AZULAY # Os novos tempos Leão Azulay, publicitário

Cada ser humano é um testemunho do seu tempo. Testemunha as transformações que ocorrem durante a vida. Cada um de nós, assim, acaba tendo a sensação de que as coisas mudaram tanto que é impossível não dizer "no meu tempo", "antigamente" e "como as coisas mudaram". Na verdade o mundo sempre se transforma. Minha geração é a que viveu a magia e a realidade. As descobertas científicas nos deram milagres inimagináveis.

 

Hoje sabe-se de tudo. Podemos assistir a tudo em qualquer lugar e a mesma hora com essa caixinha preta que cabe na palma da mão. O celular. Com essa caixa mágica falo, fotografo, copio, escuto, obtenho informações, até consultas médicas já se faz com o celular. Há um conceito que nos governa. Chama-se rede. Chama-se internet. Expandiu-se tanto, que o limite é o infinito.

 

Tudo nos é disponível, que não sabemos mais o que é a verdade verdadeira. Não somos nós que a controlamos, ela é que nos controla. Até os sentimentos mudaram. Tristeza, ódio, amor, violência hoje são coisas virtuais.

 

Dentro disso os direitos individuais, o direito a privacidade virou ficção. Ninguém é mais solitário. Vivemos permanentemente seguidos, obcecados por cada segundo de tudo. Tudo virou uma mercadoria de consumo.

 

 A minha geração tinha de cabeça algum testemunho, essa geração da tecnologia do mundo virtual,  nem sabe mais o que é testemunho. Só vale se o celular gravou, filmou ou fotografou.... Não vai ter fim.

 

*O auto é publicitário*

Sobe Catracas

PAULO BARRUDADA, empresário

Fez parceria com a Hemopa, oferecendo diárias grátis em hotel, a doadores de sangue de Santarém, visando incentivar aumento de bolsas

Desce Catracas

BETO D'ÂNGELO, prefeito de Manacapuru

Afrouxou em medidas restritivas e não decretou lockdown, mesmo cidade tendo mais de 2 mil casos de covid-19 e 84 mortes.