DeAmazônia

MENU
Atualizado em 27/11/2019

Em 'Amor de Mãe', cena de tiroteio na escola repercute na internet: 'realidade do país'

Em seu primeiro dia lecionando, professora se deparou com confronto na escola

Em 'Amor de Mãe', cena de tiroteio na escola repercute na internet: 'realidade do país' Cena de tiroteio em escola do Rio (Reprodução/Globo)

DEAMAZÔNIA RIO - A nova novela das 21h, da Rede Globo, “Amor de Mãe” estreou com muitos elogios do público em geral, carregada de drama e mostrando como vivem as diversas classes sociais, a trama trouxe em seu segundo capítulo, nesta terça-feira (26/11), a cena de um tiroteio dentro de uma escola pública do Rio de Janeiro.

 

Em seu primeiro dia lecionando, a professora Camila (Jéssica Ellen), teve que ficar agachada junto com alunos adolescentes, enquanto um confronto acontecia na escola.

 

Ao se apresentar à turma, Camila, que dá aulas de História, começa a levantar quem contou os relatos conhecidos sobre o descobrimento do Brasil e a escravidão.

 

Ao ouvir dos alunos que foram, respectivamente, "os portugueses" e "os brancos", questionou o que aquilo poderia significar. Um dos estudantes respondeu: "A história sempre é contada por quem bate, mas nunca por quem apanha”.

 

Foi neste momento que os tiros começaram. Os internautas correram para o Twitter e descreveram a cena como “a realidade do Rio de Janeiro”.

Sobe Catracas

DELISSA VIEIRALVES FERREIRA, promotora de Justiça

Ação Civil Pública, em conjunto com a promotora Nilda Silva, derrubou na Justiça decisão da Seduc de militarizar Escola Tiradentes, em Manaus

Desce Catracas

RAYLAN BARROSO, prefeito de Eirunepé

Foi cobrado pelo MPF para fazer processo seletivo, pagar funcionários indigenas e regularizar merenda escolar