DeAmazônia

MENU
Atualizado em 27/11/2019

Em culto, em Manaus, Bolsonaro diz que novo ministro do STF será evangélico

Presidente está em Manaus para abertura da Fespim hoje (27)  

Em culto, em Manaus, Bolsonaro diz que novo ministro do STF será evangélico Presidente Bolsonaro

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Em um discurso de 15 minutos para cerca de 8 mil pessoas, segundo os organizadores, no templo da Assembleia de Deus, em Manaus, o presidente Jair Bolsonaro se comprometeu nesta terça-feira (26) a indicar em breve um ministro do Supremo evangélico, que como ele “lutará pela manutenção da família”.

 

O culto também contou com a presença do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC). 

 

“(O novo ministro ) lutará pela manutenção da família, porque nos governos anteriores colocavam até em livros escolares que (uma família) podia até ser formada por um juntamento de duas coisas. Será cristão e evangélico”, frisou Bolsonaro, olhando para o pastor e juiz William Douglas.

 

O discurso do presidente foi ouvido de pé pelos fiéis, que gritavam “glória a Deus” e ” amém “. É provável que a primeira cadeira a ser preenchida na Corte pelo presidente seja a do atual decano, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello.

 

Mello vai aposentar em novembro do ano que vem, ao completar 75 anos.

 

Hoje (27), em Manaus, o presidente Bolsonaro fará a abertura da I Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial (fesPIM) que inicia nesta quarta-feira (27/11), às 10h, no Studio 5.

Sobe Catracas

ARTHUR NETO, prefeito de Manaus

Prefeitura é a segunda do país em investimentos com recursos próprios 

Desce Catracas

JENDER LOBATO, presidente do boi Caprichoso

Agremiação que propaga defesa da floresta e dos povos indígenas é omissa contra ataques do Governo Federal à Amazônia