DeAmazônia

MENU
Atualizado em 03/03/2015

Com ameaça de greve dos professores, Câmara convoca prefeito de Parintins

Com ameaça de greve dos professores, Câmara convoca prefeito de Parintins professores lotaram a galeria da Câmara

A Câmara de Parintins convocará o prefeito Alexandre da Carbrás (PSD) e a secretária de Educação, Eliane Melo, para explicarem os motivos pelos quais a Prefeitura ainda não pagou o reajuste salário do piso nacional categoria que teve um aumento de 13%.  Por causa da recusa do município o Sindicato dos Professores anunciou greve geral para terça ou quarta-feira. A audiência pública será realiza sexta-feira (06), às 10h.

 

Ontem, durante sessão da Câmara, o vereador Juliano Petro Velho, que preside a comissão de Educação no parlamento, solicitou a audiência pública que foi aprovada por todos vereadores, inclusive pela base do prefeito na Casa.

 

"É muito fácil, é muito bom ser professor no interior do Estado do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Minas Gerais, porque lá eles não têm cobra, jacaré e as condições são as melhores possíveis", disse o vereador Ray Cardoso (PMDB) que pediu ao Poder Executivo que trate os professores municipais de Parintins com mais respeito.

 

O presidente da Câmara, Everaldo Batista (PROS), ainda tentou atenuar as críticas a administração. "Os nossos profissionais da educação são valorizados na gestão do prefeito Alexandre.  Vejo que esse diálogo é muito importante e começa a se desenhar a partir de agora. Quero dizer aos professores municipais que o prefeito vai ficar a par da situação e decidir o melhor para todos os profissionais da educação", destacou Batista.

 

A secretaria de Educação, Eliane Melo, informou, por meio de sua assessoria que a Prefeitura só terá condições de iniciar o pagamento do reajuste a partir do mês de abril. A presidente do Sindicato dos Professores, Joema Farias, protesta. Ela disse que a Prefeitura já recebeu recursos do Fundeb para pagar os trabalhadores de educação. A entidade está de posse de extratos bancários que comprovam o recebimento dos recursos pelo município.  

Outra reclamação dos professores é que até a data desta terça-feira, 03 de março, a Prefeitura não havia feito o pagamento dos salários referente ao mês de fevereiro. O Sindicato acredita que seja retaliação ao posicionamento da categoria que não aceita a proposta da Semed.

 

Tags:

Sobe Catracas

YANA GADELHA, lutadora de MMA

Vinda do balé clássico, com apenas 10 meses de treinos, amazonense foi eleita "Revelação do Ano", no prêmio Osvaldo Paquetá, considerado o Oscar do MMA

Desce Catracas

JOCIONE SOUZA, prefeito de Novo Aripuanã

Justiça mandou ele pagar gratificações à professores municipais, atrasadas desde os anos de 2011 e 2012