DeAmazônia

MENU
Atualizado em 19/11/2019

Prédio histórico da Santa Casa de Manaus vai a leilão nesta quinta (21)

Imovél está avaliado em R$ 15,8 milhões; edital está publicado no site do TJAM

Prédio histórico da Santa Casa de Manaus vai a leilão nesta quinta (21) Prédio da Santa Casa, em Manaus (Foto: Reprodução/Portal Holofote)

A Vara Especializada da Dívida Municipal (Vedam), do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM), marcou para o dia 21 de novembro, às 10h, o leilão do prédio da Santa Casa de Misericórdia de Manaus. Conforme o Edital publicado no site do Portal TJAM, o leilão será realizado no átrio do Fórum de Justiça Ministro Henoch da Silva Reis, que funciona na Av. Umberto Calderaro Filho, na zona Sul de Manaus.

 

O bem será oferecido em praça única, para arrematação pelo equivalente a 100% do valor da avaliação de acordo com o artigo 891 do Novo Código de Processo Civil, avaliado atualmente em R$ 15.839.955,85 (quinze milhões oitocentos e trinta e nove mil, novecentos e cinquenta e cinco reais e oitenta e cinco centavos). O leilão é resultante de ação do município de Manaus para execução fiscal de divida ativa, no processo n.º 0888353-75.2012.8.04.0001.

 

Segundo o interventor judicial da Santa Casa de Misericóidia, Tiago Queiroz de Oliveira, pode ocorrer mudança de valores em uma segunda sessão. “O valor da avaliação oficial do imóvel é de aproximadamente R$ 16 milhões, sendo que o interessado poderá arrematá-lo, em segunda sessão por, no mínimo, R$ 8 milhões", frisou Tiago.

 

Ele destacou a possibilidade do comprador realizar o parcelamento, em até 30 vezes, do preço oferecido. "Além do mais, por se tratar de leilão judicial, o comprador receberá o prédio com a garantia de não ser cobrado por dívida nenhuma da entidade".

 

Tiago ressalta, ainda, que é a primeira vez que esse bem vai a leilão e que, caso seja arrematado, o valor recebido será precipuamente destinado ao pagamento das 112 famílias de trabalhadores que, desde 2004, não receberam suas verbas rescisórias.

 

"Paralelamente, o produto da arrematação será direcionado ao pagamento de indenização devida a uma das vítimas do acidente da caldeira do prédio, ocorrido em janeiro de 1970 que, até o presente momento, não recebeu o que lhe cabe por decisão judicial transitada em julgado no longínquo ano de 1982”, acrescentou.

 

O prédio da Santa Casa de Misericordia é localizado na rua 10 de Julho, n.º 318, no Centro da cidade, em área tombada tanto pelo Município de Manaus quanto pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O prédio totaliza 8.982,36 m² (onde se localizam as dependências da Santa Casa), com o terreno em área de 10.430,26 m² e perímetro de 433,14 m. Tem como limites e confrontações: ao Norte, com a rua 10 de Julho, para onde faz frente; a Leste, com o Palácio da Justiça Clóvis Bevilacqua; ao Sul, com a rua José Clemente e, a Oeste, com a rua Lobo D’Almada. O imóvel é devidamente registrado no Cartório do 1.º Ofício de Registro de Imóveis da Capital, Matrícula n.º 26.814.

Sobe Catracas

FLÁVIA MOTA, jogadora de futebol

De Manacapuru (AM), atleta foi convocada pela CBF para disputar pela Seleção Brasileira Sub-20, o Sul-Americano, na Argentina

Desce Catracas

JAMILSON CARVALHO, prefeito de Anori (AM)

Juíza proibiu três escolas de samba da cidade de homenagear o prefeito, no Carnaval 2020, por caracterizar promoção pessoal, em ano eleitoral