DeAmazônia

MENU
Atualizado em 21/10/2016

Ex-BBB Mayra Cardi não tem registro no Conselho de Nutrição: 'Não é habilitada'

Ex-BBB Mayra Cardi não tem registro no Conselho de Nutrição: 'Não é habilitada'

Mayra Cardi não pode exercer, no Brasil, a profissão de nutricionista por não ser inscrita nos conselhos federal e regional desta profissão. A explicação é da coordenadora da Comissão de Fiscalização da entidade, doutora Dolly Meth Simas. Em agosto do ano passado, Bela Gil também não foi identificada como nutricionista, mas atribuiu o fato ao que chamou de "questão burocrática".

 

"Comunicamos que a Sra. Maira Cardi não é nutricionista inscrita no Sistema CFN/CRN e não está habilitada para exercer as atividades privativas do nutricionista, previstas na lei", disse Dolly, do Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região de São Paulo, à coluna "Retratos da Vida", do jornal "Extra", nesta sexta-feira (21). A polêmica começou após a ex-participante do "BBB9" ser denunciada por causa do programa de emagrecimento "Mayra Cardi Seca Você".

 

"Informamos que o CRN-3 apurou diversas denúncias encaminhadas contra a Sra. Maira e devido à ausência de provas documentais, não foi possível encaminhar o caso para providências do Ministério Público", acrescenta a nota. Segundo a Lei Federal número 8.234 de 1991, só podem exercer a profissão de Nutricionista aqueles que possuem "diploma expedido por escolas de graduação em nutrição, oficiais ou reconhecidas, devidamente registrado no órgão competente do Ministério da Educação e regularmente inscrito no Conselho Regional de Nutricionistas da respectiva área de atuação profissional".

 

Entenda a polêmica

Assim como a filha de Gilberto Gil, criticada ao sugerir cúrcuma para a limpeza dos dentes, a ex-"BBB9" estudou nos EUA, seu programa de emagrecimento reúne mais de 152 mil seguidores, e em parceria com o irmão, a cunhada e o marido, Egil Greto, mantém o "Mayra Seca Você" fora do Brasil. Mas passou a receber críticas de clientes descontentes, embora tenha dito não ter tomado ciência disso. "O certificado que eu possuo me permite atuar no mundo inteiro de onde eu estiver, inclusive no Brasil. Nunca chegou até nós do programa qualquer reclamação ou e-mail relatando isso. Falar é muito fácil. Vai chegar um determinado momento que terão que provar o que dizem. Estou muito tranquila, porque sei exatamente o que estou fazendo", disse.

 

Michele de Simone, de 31 anos, então com 121 quilos, foi uma das clientes de Mayra e disse ter emagrecido 25 quilos em cinco meses. "Paguei cerca de R$ 900 na época e estava contente. Porque ela criava grupos no Whatsapp com umas 20 pessoas e dava assistência a todas", relatou. "Ela passava a mesma dieta para quem tinha 70kg e para quem tinha mais de 100kg. Achamos aquilo estranho e questionamos. Muita gente pediu o dinheiro de volta", acrescentou a advogada Daniela Alves.

 

"Mayra me causou muitos danos. Até hoje preciso de tratamento psicológico. Eu já tinha emagrecido 25 quilos quando voltei ao Brasil depois de cinco anos. Na casa da minha mãe, comi o que não comia há muito tempo. Ao me ver postando a foto de uma coxinha, ela foi para o Snapchat e disse: 'Para de comer, sua vaca'. Achei absurdo", acusou Michele.

(Por Guilherme Guidorizzi) - PUREPEOPLE

Tags:

Sobe Catracas

JACOB COHEN, oftalmologista e vice-reitor da UFAM

Representando a Universidade, recebeu Prêmio Champalimaud de Visão 2019, prêmio mundial em Oftalmologia, em Portugal

Desce Catracas

TARCÍSIO ROSA, presidente da Eletrobras Amazonas

Funcionários da empresa estão retaliando moradores de Manacapuru e Iranduba que procuraram direitos após apagão, denunciou deputado Sidney Leite