Terça, 02 de junho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 14/09/2016

Juiz de Jutaí decreta prisão de acusado de tentativa de homicídio contra bebê de 10 meses

Juiz de Jutaí decreta prisão de acusado de tentativa de homicídio contra bebê de 10 meses Caso aconteceu em comunidade da zona rural de Jutaí, no feriado de 7 de Setembro.

DEAMAZÔNIA JUTAÍ, AM - O juiz Manuel Amaro de Lima, da Comarca de Jutaí (distante 750 quilômetros da capital), decretou a prisão preventiva de Ilzimar Cavalcante do Nascimento, suspeito da tentativa de homicídio que deixou gravemente ferida, com uma terçadada na cabeça, uma criança de 10 meses, sobrinha do acusado. O crime, segundo o inquérito policial, ocorreu no último dia 7, numa comunidade rural do município. A preventiva foi solicitada pelo delegado da Polícia Civil Genilson Parente Arruda, responsável pela condução do inquérito que apura o caso.

 

Na decisão, proferida no último dia 11, o magistrado afirma que encontram-se presentes os requisitos para a decretação da prisão cautelar do acusado, conforme o artigo 312 do Código Processual Penal, o que inclui o risco de prejuízo da instrução penal, caso o mesmo seja mantido em liberdade. O juiz destaca que, conforme o inquérito policial, Ilzimar teria atentado contra a vida do menor de idade, que precisou ser transferido para um hospital da capital, onde permanece internado.

 

"Os fatos narrados (no inquérito policial) denontam o elevado grau de violência e intolerância na prática delitiva, agindo de modo a tentar ceifar uma vida. Nestes termos, a manutenção da segregação cautelar torna-se necessária diante da exigência de uma resposta estatal e eficaz para o comabte de crimes que trazem consequências danosas às famílias e à sociedade", afirma o juiz Manuel Amaro em um trecho da sua decisão.

 

O acusado está internado em unidade hospitalar de Jutaí, sob custódia da polícia, pois também havia sido ferido na ação - um parente da mãe da criança teria desferidos os golpes de faca contra Ilzemar, na tentativa de defender o bebê do ataque. Após receber alta, em virtude da decretação da prisão preventiva, o acusado deverá ser encaminhado à carceragem da delegacia de Jutaí.

Tags:

Sobe Catracas

MARIA OLIVEIRA, prefeita de Ipixuna (AM)

Desde o inicío da pandemia, adotou 'hotel de quarentena' e barreiras sanitárias, e município segue sem casos confirmados de Covid-19

Desce Catracas

BETO NICOLAU, presidente da Samel

Após gesto de grandeza por tratar artistas em seu hospital Samel, apequenou-se em cobranças pessoais em Parintins