Sábado, 24 de outubro de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/09/2016

Pepê, da dupla com Neném, avalia trajetória: 'Estamos mais pés no chão'

Pepê, da dupla com Neném, avalia trajetória: 'Estamos mais pés no chão' Foto: Marcos Ribas/ Brazil News

Pepê, da dupla com Neném, subiu no palco sem a irmã pela primeira vez. Mas calma, a dupla não se separou. É que a cantora estreou na comédia “Procura-se uma virgem” no Teatro Augusta em São Paulo. “Faço a galera rir na TV, mas no palco é outra coisa. Várias pessoas te olhando, tipo ‘me faça rir’. Mas eu e a Neném sempre tivemos esse lado engraçado. Infelizmente, ela não está nesta peça, porque também não ficamos 24 horas grudadas, né(risos)? Quem sabe ela não topa fazer uma peça também mais pra frente?”, diz Pepê, em conversa com o EGO nos bastidores da peça.

 

Na trama, a cantora interpreta um rapaz americano milionário, que quer ‘comprar’ uma virgem. “Quando me chamaram, o papel já estava escrito e seria um homem. Aí, quisemos fazer algo diferente”, diz ela, que usa um ‘enchimento’ nas calças na caracterização do personagem: “Nossa, isso não me pertence, não. Incomoda! (risos)”.



Casada com Thalyta Santos - que está grávida de quatro meses -, Pepê afirma que não teria problema algum se tivesse que beijar um homem em cena. “É um trabalho. Entre quatro paredes, não interessa o que eu faço. Minha orientação sexual não tem que ser confundida com meu trabalho. Eu sempre vou respeitar o personagem e o palco”, garante.

 

Melhor fase da vida


Aos 41 anos, feliz no amor e profissionalmente, Pepê acredita estar no melhor momento de sua vida. “Porque no início da carreira, quando estouramos, era aquela coisa de delírio. Tanto que nem lembro o que fiz de bom, foi tão rápido. Por isso que muitas coisas ruins aconteceram, gastávamos muito dinheiro, levávamos pessoas para dentro da nossa casa que achávamos que eram nossos amigos. Hoje a gente tem outra cabeça, estamos mais pés no chão”, declara ela, que em breve vai lançar um clipe ao lado da irmã: "Continuamos com a música".

 

Pepê e a mulher, Thalyta Santos, posando na nova casa (Foto: Arquivo Pessoal)
Pepê e a mulher, Thalyta Santos
(Foto: Arquivo Pessoal)
 

Preconceito


Pepê sabe que por ser cantora e nunca ter feito teatro, vai ter dificuldades em convencer o público e a crítica que é uma boa atriz. “A pessoa já vai vir pensando ‘será que vai ser bom? ’. Tem uma pressão. Sei que vão me analisar”, diz ela.



Além disso, Pepê tem que lidar com o preconceito por conta de sua vida pessoal. Ainda tem gente que discrimina a cantora por conta de seu casamento com uma mulher. “Tem umas pessoas que ficam comentado bobeira, ofendendo, criticando. Mas eu não ligo, é inveja, gente que não tem o que fazer, é reprimida e não sabe lidar com a felicidade alheia. Nem discuto”, afirma.

 

Pepê (Foto: Marcos Ribas/Brazil News)
Pepê (Foto: Marcos Ribas/Brazil News)
 
 
 
Pepê  (Foto: Leco Viana / Divulgação )
Pepê (Foto: Leco Viana / Divulgação )
 
 
Elenco de Procura-se uma virgem (Foto: Marcos Ribas/Brazil News)
Elenco de Procura-se uma virgem (Foto: Marcos Ribas/Brazil News)

Tags:

Sobe Catracas

SANDRA HELENA, diretora da Ufam/Parintins

Conselho de Administração da Ufam autorizou posse da professora na direção da Universidade em Parintins, sendo a primeira mulher a comadar a Instituição

Desce Catracas

JOSINO FILHO, prefeito de Alenquer

Justiça Eleitoral manteve multa de R$ 30 mil ao prefeito por propaganda eleitoral antecipada no Facebook