DeAmazônia

MENU
Atualizado em 21/02/2015

Miss do Instagram tem prisão preventiva decretada pelo TJAM

Miss do Instagram tem prisão preventiva decretada pelo TJAM

O Tribunal de Justiça do Amazonas converteu a prisão em flagrante de Rafaella Blanco de Almeida, de 20 anos, conhecida como a Miss do Instagramem prisão preventiva.

 

A loira responderá pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico em Manaus. Além dela, o seu namorado, Vitor Hugo Ferreira Lessa, da mesma idade, também teve a prisão preventiva decretada pelos mesmos crimes.

 

A promotora de Justiça plantonista Sarah Pirangy de Souza sugeriu a conversão das prisões e que fossem rejeitados pretensos pedidos de liberdade:

 

"Verifico que os flagranteados faziam uso da traficância como meio de vida, tendo sido apreendidas drogas em quantidade e qualidade diversificadas, demonstrando a periculosidade dos flagranteados, decorrente da prática desta conduta hedionda, sendo suas custódias absolutamente necessárias como garantia da ordem pública e conveniência da instrução criminal".

 

A juíza que responde pelo plantão judicial criminal, Bismarque Gonçalves Leite, justificou sua decisão em acatar o parecer do Ministério Público:  "Preservando a sociedade do perigo de se manter em liberdade indivíduos que praticam tão hediondo delito, que hoje destrói lares e transforma jovens promissores em marginais, propagando a incidência de outras condutas delituosas", afirmou.
 

Rafaella foi presa no último dia 12, no bairro da Betânia, com 9 kg de drogas e laboratório com equipamentos para beneficiamento e distribuição dos entorpecentes.  No dia seguinte, Vitor Hugo foi preso em uma blitz da Polícia Civil no bairro Nova Cidade.

 

Nas redes sociais, ela chamava a atenção ostentando as suas curvas e recebia diversos elogios dos seguidores. Informações preliminares indicavam que Rafaella usava sua beleza para atrair e conquistar novos clientes das camadas A e B. Segundo a polícia, o casal usava o dinheiro do tráfico em restaurantes e bares caros da alta sociadade amazonense. 

 

Fonte: Portal do Holanda

Tags:

Sobe Catracas

ANA PAULA DE MEDEIROS, juíza de Direito

2ª Vara do Tribunal do Júri de Manaus, da qual é titular, superou principais metas do CNJ, entre elas o julgamento de processos de feminicídio 

Desce Catracas

GANDOR HAGE, ex-prefeito de Prainha (PA)

Justiça Federal bloqueou mais de R$ 200 mil em bens dele por desvio de verba, destinada ao combate à miséria no município