DeAmazônia

MENU
Atualizado em 26/07/2016

Com sucateamento da Amazonas Energia municípios terão novos apagões

Com sucateamento da Amazonas Energia municípios terão novos apagões

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Deixar a Amazonas Energia sem condições de operar seria uma das medidas que estaria em curso na Eletrobrás, em Brasília, como meio de forçar, com maior brevidade, a venda da concessionária no Estado.

 

Este era o assunto recorrente nos corredores da empresa, em Brasília, semana passada, segundo apurou o blog deAMAZÔNIA. A estratégia seria simples. O sistema de energia entraria em colapso e municípios do interior do Amazonas passarão a conviver com novos apagões. Nesta segunda-feira (25), por exemplo, bairros de Manaus ficaram sem luz por mais de duas horas. É um dos primeiros sinais do que está por vir.

 

Os municípios mais distantes que possuem sistemas isolados são os que mais sofrerão com o “abandono” e com os racionamentos. Na semana passada, o Conselho de Acionista da Eletrobrás decidiu pela venda da Amazonas Energia até o final do ano que vem.

 

O descaso com o Estado estaria ocorrendo desde a saída do senador Eduardo Braga (PMDB), do Ministério de Minas e Energia. Braga entregou o cargo antes da saída de Dilma, e não conseguiu se firmar no Governo interino de Temer (PMDB). O senador evitou votar na sessão do Impeachment, que afastou a presidente, e contrariou o partido.

 

Nesta reviravolta, o principal acionista da empresa, o Governo Federal decidiu não fazer um aporte de R$ 8 bilhões para sanear as companhias, que acumulam prejuízos. O aporte era uma exigência da Eletrobrás para renovar as concessões e não optar pela privatização.

 

A partir desta decisão, a própria Eletrobrás admite que as distribuidoras terão que receber recursos diretamente da União ou da tarifa de luz. Ou seja, financeiramente no vermelho, na prática, a operação do sistema de manutenção ficará a “Deus dará”.

 

Neste período de verão pane em grupos geradores são comuns, nas usinas Termelétricas e as dificuldades de sanar estas demandas, caminha para ser bem maior.

DEAMAZONIA.COM.BR

[email protected]

92) 99229 8831 WhatsApp

Tags:

Sobe Catracas

LUIZ PACHECO, presidente da Escola de Samba Aparecida

Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida foi campeã do Carnaval de Manaus 2020

Desce Catracas

VILSON GONÇALVES, prefeito de Aveiro (PA)

Virou alvo da Justiça em processo criminal acusado de recolher ICMS de mercadoria para exportação sem comprovar para Sefa saída do produto