DeAmazônia

MENU
Atualizado em 15/02/2015

Blocos e desfiles de Escolas de Samba no Carnaval MAUÉS

Blocos e desfiles de Escolas de Samba no Carnaval MAUÉS Rainha do Carnaval Joice Cristine e o Rei Momo Ronivon Dutra prestigiaram a festa

MAUÉS, AM – Os blocos do grupo especial fazem a alegria dos foliões, neste domingo (15), no Carnaval Popular de Maués. São 16 blocos carnavalescos que desfilam na avenida Dr.Pereira Barreto, Centro, próximo bela praia da Maresia. Neste domingo, entram, na avenida Tradição, Os Mortos Vivos, Toca Folia, Kabeça de Touro, Os Brotinhos e o Vira Copu’s. Ontem, sábado,na primeira noite de desfile, desceram as agremiações de acesso, com destaque para o bloco da Saúde.Na abertura da folia o prefeito de Maués, padre Carlos Góes (PT) entregou as chaves das cidade a rainha do Carnaval, Joice Cristine e ao rei Momo, Ronivon Dutra.

Desfile de blocos teve início no sábado

 

O desfile dos blocos do grupo especial tem início previsto para às 21h. As 3h da manhã deste domingo, após o Vira Copu’s passar,que será o último bloco a desfilar entra a cena a banda Regional “Frutos do Pagode”.

 

Na segunda-feira, se apresentam as escolas de Samba. Abre o desfile as 20h o Grêmio Recreativo Escola Em Cima da Hora, depois A Império Verde Rosa, seguida da Mocidade de Santa Luzia e a escola Unidos do Ramalho Junior, encerra a noite. Após o desfile a animação fica por conta da banda Tops.

 

Na terça se apresentam a partir das 20h os blocos Idoso Folia, ACM,Evangelização sem Jesus não dá e Perereca Suicida. A folia continua com as bandas Natan e os Dinossauros e Orion. O Carnaval Popular de Maués, com duração de quatro dias é realizado com recursos financeiros do próprio município.

www.deamazonia.com.br

Sobe Catracas

EMÍLIA FERRAZ, delegada de Polícia

Nomeada delegada geral da Polícia Civil do Amazonas, pelo governador, se torna primeira mulher a ocupar o cargo no estado

Desce Catracas

VALMIR CLÍMACO, prefeito de Itaituba (PA)

Pela segunda vez, Justiça condenou ele a suspensão dos direitos políticos, agora, por desvio de funções de servidores