Quinta, 18 de agosto de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/02/2015

Após roubo de coroa, Vice Miss Amazonas comemora sucesso enquanto vencedora esnoba os holofotes

Após roubo de coroa, Vice Miss Amazonas comemora sucesso enquanto vencedora esnoba os holofotes Vice miss Amazonas faz sucesso

A vida das misses Sheislane Hayalla e Carolina Toledo mudou no último dia 30 de janeiro, final do concurso Miss Amazonas. Quando o resultado foi anunciado e Carol ganhou o direito de disputar o Miss Brasil, Sheislane arrancou a coroa da cabeça da colega, e a acusou de comprar o título. Passados dez dias, elas garantem ter deixado o episódio para trás, mas a trajetória de ambas seguiu caminhos diferentes.

 

Enquanto a vice se mudou para o Rio de Janeiro, deu entrevistas para diversos programas de TV e está faturando com a presença em eventos, Carol, de 20 anos, continua com a rotina praticamente normal em Manaus. A jovem frequenta a faculdade de Direito e faz um estágio na área.

 

— Não acho que tenha sido negativo para a minha imagem, foi um episódio lamentável. A vida dela é a vida dela, e a minha é a minha. Vou seguir com meu objetivo inicial de representar o Amazonas no Miss Brasil. Meu objetivo não é ir para a televisão e dar entrevistas — alfineta a Miss Amazonas.

 

Em busca de fama, Sheislane, de 23 anos, disse que ainda não teve tempo de descansar desde o episódio, e já deu entrevistas até para emissoras do Japão e da Holanda.

 

— Estou no Rio, mas ainda nem conheci nada. Vou a muitos eventos, estou com uma assessoria de imprensa e uma agenda bem grande — conta Sheislane, que já se matriculou numa escola de teatro para investir na carreira de atriz e modelo.

 

A jovem também tem feito sucesso junto ao público gay, e a expressão “Arrancar a coroa das inimigas” acabou pegando em algumas boates onde ela tem marcado presença. Os fãs até tem tirado fotos repetindo a pose de roubo da coroa.

 

Ela garante não ter planejado nada, e ter feito um protesto.

 

— Não era essa intenção, mas acabou dando certo. Foi um ato de protesto porque tinha esse comentário de que ela (Carol) estava negociando a coroa — justificou.

 Carol Toledo: sem mágoas e foco no Miss Brasil Foto: Divulgação/ Julio César

 

Carol rebate as críticas, e conta que se esforçou muito para o concurso:

 

— Em 2011 fui Miss Teenager, me apaixonei por esse mundo e passei a me preparar para a disputa do Miss Amazonas. Fiquei sete meses me preparando fisicamente,

tive aulas de passarela, oratória e entrei no curso de teatro para me preparar. Contei com uma equipe para me ajudar nisso — lembra, acrescentando que o carinho das pessoas têm aumentado.

 

Com um comportamento de miss, Carol garante que não ficou magoada ou abalada.

 

— Foi superado. Uma miss tem que estar preparada física e psicologicamente. Temos que ser dignos e estar bem preparados num concurso de beleza, ainda mais no Amazonas que é tão disputado — diz.

Fonte: extra.globo.com

Tags:

Sobe Catracas

CELSO SABINO, deputado federal pelo Pará

É o único deputado da bancada paraense que aparece na lista dos mais influentes do Congresso

Desce Catracas

LÚCIO FLÁVIO, prefeito de Manicoré (AM)

Promotor de Justiça pede a anulação de licitação para aquisição de cestas básicas por suspeita de direcionamento