DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/11/2019

Educação e diversidade presentes na I Festa Literária de Santarém

A programação do evento literário prossegue até o domingo, dia 17 de abril:

Educação e diversidade presentes na I Festa Literária de Santarém A I Festa Literária de Santarém

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA - A I Festa Literária de Santarém em parceria com a 23 ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes está ofertando ao público diversas atividades que promovem o debate de temas literários dando força as múltiplas vozes que formam a sociedade. Esta semana, até então, a programação fortaleceu as 'Vozes Indígenas e Originárias' e as 'Vozes do LGBTQIA+' com participação da classe da educação. Aproximadamente 240 estudantes já participaram do evento.

 

Durante a tarde de terça-feira (12), um dos temas abordados foram "Saberes Indígenas" com Jeci Borari, abrangendo desde os costumes, artes e a resistência da etnia Borari da Vila de Alter do Chão e demais parentes indígenas.

 

Na segunda-feira (11), a "Diversidade LGBTQUIA+!" foi debatida com a participação do psicólogo Erek Fonseca e Adailton de Jesus do Grupo de Homoafetivos de Santarém, com mediação da Mestra em Educação Priscila Castro. Houve ainda apresentação artística cultural do Sarau Literário dos estudantes da Escola Estadual de Ens. Fund. e Médio Pedro Álvares Cabral.

 

O formato da I Festa Literária de Santarém da 23ª Festa Pan-Amazônica do Livro e MultiVozes vai para atividades externas ao Espaço Pérola do Tapajós-Parque da Cidade. Iniciou terça (12) as atividades do Portal do Conhecimento da Imprensa Oficial do Estado do Pará (Iopa).

 

O público-alvo são os alunos das Escolas Estaduais, o início foi Escola Estadual Wilson Fonseca, bairro Nova República, com a participação da escritora indígena Márcia Kambeba (Castanhal/PA). Nesta quarta (13) de novembro, a vez da Escola Estadual Álvaro Adolfo, bairro Santa Clara, a participação da escritora Wanda Monteiro (Rio de Janeiro/RJ). No dia 14, a escritora Terezinha Amorim (Santarém/PA) será a homenageada, na Escola Estadual Aluízio Lopes, no bairro Maracanã.

 

A programação do evento literário prossegue até o domingo, dia 17 de abril:

Multivozes: 13/11 (quarta-feira) - Vozes do Imaginário, 14/11(quinta-feira) - Vozes da Mulher, 15/11 (sexta-feira) - Vozes Autor Paraense, 16/11 (sábado) - Vozes Urbanas, 17/11 (domingo) - Vozes Afro-Brasileiras.

Sobe Catracas

ANA PAULA DE MEDEIROS, juíza de Direito

2ª Vara do Tribunal do Júri de Manaus, da qual é titular, superou principais metas do CNJ, entre elas o julgamento de processos de feminicídio 

Desce Catracas

GANDOR HAGE, ex-prefeito de Prainha (PA)

Justiça Federal bloqueou mais de R$ 200 mil em bens dele por desvio de verba, destinada ao combate à miséria no município