DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/11/2019

TCMPA: Municípios devem realizar Processo Seletivo para contratos temporários

TCMPA vai redobrar a atenção às contratações temporárias, principalmente porque 2020 é um ano eleitoral

TCMPA: Municípios devem realizar Processo Seletivo para contratos temporários TCMPA vai redobrar a atenção às contratações temporárias, principalmente porque 2020 é um ano eleitoral

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA - Ao registrar 346 contratos temporários e dois termos aditivos firmados pela Prefeitura Municipal de Conceição do Araguaia, referentes ao no exercício de 2016, a Câmara Especial do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará (TCMPA) decidiu recomendar ao atual prefeito do município de Conceição do Araguaia, que abstenha-se de efetuar contratações temporárias de pessoal sem prévia realização de Processo Seletivo Simplificado (PSS).

 

A conselheira substituta Márcia Costa, relatora do processo, destacou em seu voto: “Ademais, considerando a carência de pessoal em área-fim de atuação, que realize concurso público para prover os cargos necessários ao bom funcionamento da Administração no menor tempo hábil possível”.

 

O conselheiro Daniel Lavareda, presidente da Câmara Especial, comentou que o Tribunal vai redobrar sua atenção em relação a contratações temporárias, principalmente porque 2020 é um ano eleitoral. Ele destacou que as contratações de pessoal em caráter temporário pela Administração Pública se constituem em exceção à regra constitucional de provimento de cargos por meio de concurso público, sendo, por este motivo, exigido a comprovação da motivação ensejadora das referidas contratações, como condição sine qua non para seu registro.

 

Em seu voto, aprovado por unanimidade, a conselheira substituta Márcia Costa determinou que cópia da decisão seja encaminhada à Controladoria responsável pelas contas do Município (exercício de 2016), “para acompanhamento da despesa decorrente e possíveis reflexos na prestação contas, além de, a critério do relator, garantido o devido processo legal, aplicação de multa cabível pela remessa intempestiva dos atos”.

 

A decisão foi tomada em sessão realizada no dia 6 de novembro. Os resultados das sessões plenárias estão disponíveis no portal www.tcm.pa.gov.br, no link Pautas Eletrônicas e Decisões. As sessões são transmitidas ao vivo pela Web Rádio TCMPA, também acessada pelo Portal da Corte de Contas.

Sobe Catracas

ARTHUR NETO, prefeito de Manaus

Prefeitura é a segunda do país em investimentos com recursos próprios 

Desce Catracas

JENDER LOBATO, presidente do boi Caprichoso

Agremiação que propaga defesa da floresta e dos povos indígenas é omissa contra ataques do Governo Federal à Amazônia