DeAmazônia

MENU
Atualizado em 07/11/2019

Barreirinha está sem água há um mês

Prefeitura e Saae deixam população sem fornecimento de água potável

Barreirinha está sem água há um mês Barreirinha, no Baixo Amazonas, sofre com falta de água há um mês

DEAMAZÔNIA BARREIRINHA, AM -  O prefeito de Barreirinha, Glênio Seixas (MDB), não consegue resolver o problema da falta de água na cidade que ocorre há um mês. São inúmeras as reclamações dos moradores.

 

Vereadores que entraram em contato com o Portal DeAMAZÔNIA disseram que a estrutura do bombeamento do SAAE está sucateada e que em quase três anos da administração do Glênio não foram feitos investimentos no setor. Os parlamentares de oposição na Cãmara denunciaram o caso ao Ministério Público. VEJA NO FINAL DA MATÉRIA

 

A falta de água em Barreirinha, um serviço essencial básico para a população, contrapõe um prêmio que Glênio recebeu da Funasa de investimento em saneamento.

 

O investimento que o prefeito faz mesmo é em promoção pessoal, com nepotismo empregando membros da família dele.

 

Nesta quarta-feira (06), o DeAMAZÔNIA cobrou da Prefeitura um prazo para o restabelecimento do fornecimento da água. O diretor do Saae prometeu que o serviço voltariam ao normal ontem mesmo.

 

Mas, na manhã de hoje (07), os moradores contestaram a normalidade. Informaram que a água voltou a ser bombeada, porém, o líquido não consegue chegar com força nas torneiras.

 

“Muitas pessoas estão sendo obrigadas a comprar um bombeamento automático, para que a água suba. Este kit custa em torno de R$ 1 mil, além de consumir energia”, afirmou um morador.

 

“O Saae não consegue fornecer água nem para o centro da cidade, imagine para os bairros”, informou outro morador, que pediu para não ter seu nome revelado porque o prefeito da cidade é perseguidor.     

 

WhatsApp Image 2019-11-07 at 10.05.32

Sobe Catracas

GERSON MOURÃO, presidente da Fundação Cecon do AM

Médico mastologista foi homenageado com Medalha Ruy Araújo, na Aleam, pelo trabalho à frente do Centro de Controle de Oncologia do Estado

Desce Catracas

PEDRO PAULO "PEPÊ", vereador de Iranduba (AM)

Foi preso em flagrante, em operação do MPAM, recebendo propina do prefeito Chico Doido