DeAmazônia

MENU
Atualizado em 06/11/2019

‘Dia D’ será de retirada de resíduos flutuantes do Igarapé do Mindu, em Manaus

Iniciativa tem como finalidade promover uma ação coletiva de retirada dos resíduos flutuantes trazidos pela correnteza até as margens do igarapé

‘Dia D’ será de retirada de resíduos flutuantes do Igarapé do Mindu, em Manaus O ‘Dia D – Todos Contra os Resíduos Sólidos’ ocorrerá no próximo sábado (9), no Igarapé do Mindu (Foto: Nathalie Brasil/Semcom)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Parque Municipal do Mindu, gerido pela Prefeitura de Manaus, realiza neste sábado, 9/11, a partir das 8h, mais uma edição do “Dia D – Todos Contra os Resíduos Sólidos”, iniciativa que tem como finalidade promover uma ação coletiva de retirada dos resíduos flutuantes trazidos pela correnteza até as margens do igarapé do local, localizado no Parque 10, zona Centro-Sul.

 

O evento visa proporcionar uma reflexão sobre os malefícios do descarte irregular de lixo, ainda feito pela população, com graves consequências ao meio ambiente. O Dia D ocorre anualmente, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), com apoio da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) e instituições parceiras.

 

No ano passado, a ação fez a retirada de 3,9 toneladas de resíduos das margens do igarapé, no trecho que corta o parque do Mindu. Este ano, a estimativa é de que o evento reúna aproximadamente 500 pessoas, entre alunos e professores de instituições de ensino superior, além de colaboradores da Keihin Tecnologia do Brasil, multinacional japonesa, com sede no Distrito Industrial, todos os anos presente à ação. Este será o sexto ano consecutivo de realização do Dia D.

 

“O evento já se incorporou ao calendário anual do parque do Mindu e representa uma mobilização importante em prol da reflexão sobre a responsabilidade de cada um de nós nesse processo de mudança de comportamento em relação à limpeza dos igarapés”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Júnior.

 

O gestor do parque do Mindu, José Feitoza, destaca que todos os participantes terão direito a certificado. “As instituições acadêmicas públicas e privadas colaboram todos os anos com a iniciativa e essa parceria é fundamental para o êxito do evento”, afirma o gestor.

 

Estarão presentes alunos da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Uninorte, Fametro, Ciesa, Estácio do Amazonas, entre outras. 

 

O Dia D é resultado de um trabalho de sensibilização feito dentro e fora do parque ao longo de todo o ano. Este ano, outras duas iniciativas, dentro do projeto Igarapés Limpos, realizadas pela empresa francesa Armor e a ONG Greenpeace, em homenagem ao Dia Mundial de Limpeza das Praias, fizeram a retirada de toneladas de resíduos das margens do Mindu, no último mês de setembro.  Nas margens do igarapé, foi possível encontrar resíduos como aparelhos de TV, colchões, pneus e garrafas PET.

 

Sobe Catracas

RUI MACHADO, artista plástico

Recebeu comenda da Ordem do Mérito Legislativo da Aleam, em reconhecimento por trabalho com coisas da Amazônia

Desce Catracas

RONALDO TABOSA, vereador de Manaus

Pela quarta vez, teve mandato cassado pelo TRE/AM, dessa vez, por infidelidade partidária com o PP