DeAmazônia

MENU
Atualizado em 24/10/2019

1ª noite do Boi Manaus atrai 18 mil pessoas na Ponta Negra

À meia-noite, uma explosão de cores no céu anunciou o aniversário de 350 anos de Manaus

1ª noite do Boi Manaus atrai 18 mil pessoas na Ponta Negra Arlindo Junior foi um dos artistas a se apresentar na 1ª noite do Boi Manaus 2019

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - À meia-noite, uma explosão de cores no céu do Complexo Turístico Ponta Negra anunciou a chegada do dia 24 de outubro, data em que a capital do Amazonas celebra 350 anos. Mais de 18 mil pessoas participaram da celebração de aniversário ao som do ritmo que traduz a identidade amazônica, no Boi Manaus, promovido pela prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

 

“Sabemos que o que Manaus tem de melhor é essa população tão querida. Por isso, em nome do prefeito Arthur Virgílio Neto, viemos aqui agradecer a Deus e ao povo, que a Prefeitura de Manaus tem buscado servir com muita alegria e honra”, disse a secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania, Conceição Sampaio. “Quero aproveitar e parabenizar à Manauscult por essa festa tão bonita, é lindo ver o azul e o vermelho juntos saudando os 350 anos de Manaus”.

 

Na primeira noite do evento subiram ao trio os cantores Klinger Júnior e grupo Kuarup; Robson Jr e Hellen Veras; A Toada e Carlos Batata; Carlinhos do Boi e Canto da Mata; Fábio Casagrande e P.A Chaves; Prince do Boi; Arlindo Jr; Sebastião Jr; e os bois de Manaus Corre-Campo, Garanhão e Brilhante.

 

"Temos muito orgulho da nossa história e identidade e este momento de celebração do folclore, da cultura popular é muito significativo para os 350 anos da cidade. A nossa cara amazônica está aqui, neste balanço único que é o boi-bumbá”, avaliou o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula. “Ano passado, inauguramos o Museu da Cidade e este ano damos continuidade à ressignificação do Centro Histórico levando cultura em suas mais diversas manifestações artísticas, como entregando à população o Centro Cultural Oscar Ramos, amanhã, às 17h, onde ficará exposto um acervo do próprio artista que dá nome ao local. Também temos o resgate do Hino de Manaus que foi regravado conforme a partitura original", completou.

 

Emoção

Além do tradicional show pirotécnico, a apresentação do cantor Arlindo Jr marcou a primeira noite do evento. Recentemente diagnosticado com câncer no cérebro, o Pop da Selva recebeu, por vários momentos, a demonstração de carinho e apoio dos fãs por todo o percurso do trio.

 

“Eu só tenho a agradecer o carinho da galera. Vou começar um novo tratamento e vamos continuar lutando e vencer mais uma, se Deus quiser. Se hoje eu estou aqui, lutando, é por vocês. Vamos continuar divulgando o nosso Amazonas, a nossa Manaus”, afirmou Arlindo Jr, emocionado, sendo aplaudido pelo público que seguia seu trio.

 

As torcidas organizadas de Caprichoso e Garantido também deram show na pista, formaram uma comissão de frente no trio que trazia o grupo Canto da Mata e o cantor Carlinhos do Boi. A combinação dos artistas promoveu um show de ritmos ao som das toadas mais dançantes dos bumbás. O show contou com a participação da cantora Márcia Novo, que dividiu a toada ‘Ritmo Quente’, um grande sucesso azulado dos anos 90.

 

A passagem do quinto trio pelo circuito do Boi Manaus, com os artistas do Garantido, P.A Chaves e Fábio Casagrande, agitou o público com o set list escolhido para fazer o torcedor vermelho e branco cair na dança. ‘Evolução do Garantido’, ‘Perrechés do Brasil’ e ‘Baiás do Círculo Sagrado’ foram alguns sucessos rubros que compuseram o repertório dos artistas.

 

Item oficial no Festival de Parintins, o amo do Caprichoso, Prince do Boi abriu o show incendiando a galera azulada com a toada ‘Chamada do meu boi’ e ‘Povo festeiro da ilha’. Um dos momentos mais esperados pelo torcedor azulado, que acompanhava o trio, aconteceu ao som de ‘Somos vaqueirada’, quando o artista tocou o berrante, uma de suas principais características.

 

Acompanhando o trio elétrico com um grupo de amigos, a austríaca Ulla Ebner aproveitou sua primeira visita a Manaus para conhecer o ritmo do boi-bumbá. “A gente gostou muito dessa festa, porque é uma coisa muito especial. Eu também acho impressionante que todo mundo aqui já conhece a coreografia”, destacou a turista. “Ainda não escolhi qual boi é meu preferido. As roupas e a dança dos ‘vermelhos’ são muito bonitas, mas eu achei melhor a música do ‘azul’”, completou.

 

Trazendo toda a emoção vivida no Bumbódromo de Parintins para o trio elétrico, o levantador campeão do Festival, Sebastião Júnior encantou e embalou o público com toadas do Boi Garantido. A sequência de toadas levou a galera à explosão de alegria e emoção durante a apresentação do artista. Canções como “Vermelho” e “O Amor Está no Ar”, de Chico da Silva, fizeram parte do repertório especial que o artista preparou para a 22ª edição do Boi Manaus.

 

“Eu fico muito feliz de participar de uma festa que enaltece um ritmo que é nosso, que é do Norte, de Manaus. Eu já estou nessa história, assim como os cantores que já passaram por essa avenida e os que ainda vão passar. Manaus merece todo nosso carinho, todos os nossos aplausos e estamos aqui pra isso, para celebrar, para comemorar tudo de bom que essa cidade tem”, destacou Sebastião, responsável por puxar os parabéns à Manaus diante da multidão quando o relógio marcava 00h do dia 24 de outubro.

 

Bumbás

O vermelho e o azul ganharam a companhia dos tons de verde para o encerramento da primeira noite do evento. Corre Campo, Brilhante e Garanhão, os bois de Manaus, fizeram uma grande celebração folclórica no palco do anfiteatro da Ponta Negra, apresentando ao público suas sinhazinhas, pajés, cunhãs e demais itens oficiais da disputa da cidade.

 

Apoio e segurança

 

O primeiro dia do Boi Manaus mobilizou aproximadamente 740 servidores, de órgãos municipais e estaduais, na organização das atividades. Com 12 secretarias envolvidas e o apoio da Polícia Militar e o efetivo de 290 homens, do Juizado de Menores e do Corpo de Bombeiros, o início da festa decorreu sem quaisquer transtornos nesta quarta, 23/10.

 

Pela Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), 150 funcionários auxiliavam na limpeza do Complexo Turístico após cada apresentação. Já a Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), foi responsável por fiscalizar e orientar pais e responsáveis sobre a presença de menores desacompanhados. 

 

Outro órgão, o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), que já realizava desde o último dia 15 de outubro as intervenções no trânsito no local, seguiu com as orientações aos condutores durante a festividade e deve seguir com o trabalho até o dia 26, quando os palcos e demais estruturas serão desmontadas.

 

A programação continua nesta quinta-feira, 24/10, a partir das 16h. Confirma a programação completa em vivamanaus.com.

 

Sobe Catracas

RUI MACHADO, artista plástico

Recebeu comenda da Ordem do Mérito Legislativo da Aleam, em reconhecimento por trabalho com coisas da Amazônia

Desce Catracas

RONALDO TABOSA, vereador de Manaus

Pela quarta vez, teve mandato cassado pelo TRE/AM, dessa vez, por infidelidade partidária com o PP