DeAmazônia

MENU
Atualizado em 12/10/2019

Em 'contra-ataque', PSL pede auditoria nas contas da campanha de Bolsonaro

Antes, presidente se uniu a 21 parlamentares e pediu acesso às contas do partido; Bolsonaro, afastado do PSL, vive crise com presidente Luciano Bivar

Em 'contra-ataque', PSL pede auditoria nas contas da campanha de Bolsonaro Bolsonaro pediu primeiro auditoria nas contas do PSL (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA - O PSL vai pedir auditoria nas contas da campanha presidencial de Jair Bolsonaro, do ano passadao. A decisão é uma espécie de “contra-ataque” do partido, que veio logo após o presidente e mais 21 parlamentares pedirem, formalmente, acesso à documentos e informações das contas da sigla dos últimos cinco anos.  

 

Junto à Bolsonaro, no pedido contra o partido, estão os dois filhos do presidente: o deputado federal Eduardo Bolsonaro e o senador Flávio Bolsonaro. A informação é dos comentaristas políticos, jornalistas Gerson Camarotti e Nilson Clava, do site de notícias da Globo, G1.com.

 

Segundo a notícia, integrantes do PSL vêem o pedido de Bolsonaro com uma atitude que deixará “as vísceras do partido expostas”.

 

Esta semana, o atual presidente do PSL, Luciano Bivar e Jair Bolsonaro entraram em conflito, após o presidente pedir para um apoiador “esquecer o PSL” e dizer que Bivar está “queimado pra caramba”.

 

Bivar rebateu e afirmou que Bolsonaro foi afastado do partido. “Não era para esquecer? Já está esquecido”, rebateu o presidente do PSL.

 

Integrantes do PSL vêem o embate como algo que pode prejudicar o grupo de Bolsonaro.

 

Sobe Catracas

FÁBIO CAVALCANTI, jogador de dama

Amazonense foi destaque em Campeonato Nacional de Jogo de Dama e conquistou medalha de bronze na competição, em Maceió

Desce Catracas

WLADMIR COSTA, ex-deputado federal pelo Pará

Justiça Federal condenou ele e o irmão, Mário Sérgio Costa, superintendente do Incra, a perda dos direitos políticos, por usarem órgão para promoção pessoal