Quinta, 09 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/10/2019

Senado abre votação para novo plebiscito sobre criação do Estado de Tapajós

Projeto de Decreto Legislativo (PDL) prevê novo plebiscito sobre divisão do Pará; consulta pública está com a votação aberta

Senado abre votação para novo plebiscito sobre criação do Estado de Tapajós Estado do Tapajós seria formado por 23 municípios e terá Santarém como capital (Arte:Divulgação/ICPET)

DEAMAZÔNIA BELÉM, PA - O Projeto de Decreto Legislativo (PDL/508-2019), do senador de Tocantins, Siqueira Campos (DEM), abriu votação para decidir se convoca, ou não, um novo plebiscito sobre o desmembramento de 23 municípios do Pará, para a criação do estado do Tapajós, que pode ter Santarém como capital. A consulta pública está com votação aberta e pode ser votado aqui.

 

A votação já possui 3,8 mil votos à favor da divisão do estado e 749 contra. 

 

Em 2011, um plebiscito (quando uma matéria é apresentada para consulta popular antes que o Congresso elabore um projeto de lei) foi convocado para que a população paraense decidisse pela divisão do Pará, e criação de outros dois estados: Carajás, com capital em Marabá e Tapajós, com capital em Santarém.

 

No entanto, os paraenses foram às urnas e decidiram, por 66,08% dos votos, pela não divisão do Estado.

 

Caso, agora, proposta seja aceita, o Tapajós será formado por 23 municípios: Santarém (capital), Itaituba, Alenquer, Almeirim, Aveiro, Belterra, Brasil Novo, Curuá, Faro, Jacareacanga, Juruti, Medicilândia, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Novo Progresso, Óbidos, Oriximiná, Placas, Prainha, Rurópolis, Terra Santa, Trairão, Uruará.

 

Atualmente, o Pará conta com 144 municípios e tem 1,2 milhão de quilômetros quadrados, considerado o segundo maior estado do Brasil. A população, estimada em 8,6 milhões de pessoas, está concentrada principalmente na Região Metropolitana, e mais duas cidades do interior: Santarém e Marabá.

Sobe Catracas

WILSON JÚNIOR, bailarino e coreógrafo

Amazonense leva para o Brasil a cultura do estado com projeto de oficinas de danças afro-americanas e boi-bumbá

Desce Catracas

ADAIL FILHO, prefeito de Coari

Afroxou medidas de prevenção a Covid-19 e Coari é o município do interior do Amazonas mais infectado, com o dobro de casos de Manacapuru