DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/10/2019

Políticos do DEM viram faraós em Manaquiri

Mário Augusto, pré-candidato a prefeito, estaria envolvido em esquema que monta "pirâmide financeira"

Políticos do DEM viram faraós em Manaquiri Pré-candidato a Prefeitura de Manaquiri, Mário Augusto é presidente do diretório municipal do DEM

 

DEAMAZÔNIA MANAQUIRI, AM - A definição de "cacique político" agora virou "faraó" em Manaquiri. É que dois políticos do partido Democratas (DEM) na cidade estão sendo acusados pela população de montarem as famosas "pirâmides financeiras", um esquema criminoso que promete dinheiro fácil a ganhos maiores que investimentos no sistema financeiro.

 

O presidente do diretório municipal do DEM, Mário Augusto, e o ex-presidente da Câmara de Municipal, Nilson Paulo, representam a Unick Forex em Manaquiri. A empresa está com dificuldades financeiras e ameaça decretar falência a qualquer momento. Com isso, moradores de Manaquiri que acreditaram na promessa de Mário e Nilson venderam seus bens para investir na empresa, agora estão ameaçados de levar um calote sem precedentes.

 

Durante a convenção municipal do DEM, realizada no mês de junho, Mário Augusto lançou sua pré-candidatura à Prefeitura de Manaquiri. Nilson Paulo foi apresentado como articulador da campanha e responsável por levantar recursos. Os dois revelaram a pessoas mais próximas que a eleição custaria R$ 3 milhões, mas não disseram de onde viria o dinheiro. 

 

Resta aos investidores de Manaquiri registrar queixa crime por estelionato e esperar o Ministério Público Federal abrir investigação no município, fato que já está acontecendo em muitas cidades brasileiras que estão na mesma situação.

 

No dia 20 de agosto deste ano, a Revista Exame publicou que a Unick Forex, empresa que oferece investimentos com rentabilidade muito acima do mercado, suspendeu os pagamentos de resgates por dez dias, alegando "precisar de uma atualização em seus sistemas". A empresa, afirma ter mais de um milhão de clientes e 400 colaboradores.

 

Já o site Cointimes, deu destaque para o mesmo esquema de pirâmide financeira, supostamente operado pela Unik Forex, mas dessa vez, no Rio Grande do Sul, que fez a Polícia Civil fechar um dos escritórios da empresa na cidade de Crissiumal, na região noroeste do estado.

 

A cidade conta com uma população aproximada de 14 mil habitantes. William Dal Bosco, responsável pela investigação, disse que a Unick Forex não tinha permissão para operar no Brasil.

Sobe Catracas

ALAN ROBERTO, professor da rede pública estadual do AM

É idealizador de projeto que criou Canal no Youtube para promover interação entre alunos e divulgar ideias inovadoras, em forma de ajuda

Desce Catracas

FÁBIO CARDOSO, presidente do boi Garantido

Agremiação que propaga defesa da floresta e dos povos indígenas é omissa contra ataques do Governo Federal à Amazônia