DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/10/2019

Museu da Cidade de Manaus registra mais de 70 mil visitantes

Museu da Cidade completa um ano de funcionamento com recorde de público

Museu da Cidade de Manaus registra mais de 70 mil visitantes Museu da Cidade de Manaus iniciou atividades em outubro de 2018

DEAMAZÔNIA MANAYS, AM - Inaugurado pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, no aniversário da cidade em 2018, e às vésperas de comemorar seu primeiro ano de atividade, o Museu da Cidade de Manaus já recebeu, de outubro de 2018 ao inicio deste mês, mais de 70 mil visitantes locais, nacionais e internacionais, totalizando uma média de 5,8 mil por mês. Nesse período, a maioria dos visitantes de fora do Estado foi oriunda de São Paulo, Pará e Rio de Janeiro. Já os turistas americanos, venezuelanos, argentinos e porto riquenhos, lideram o ranking dos visitantes internacionais.

 

“No ano passado, entregamos o Museu da Cidade como um presente de aniversário para Manaus, resgatando e mantendo viva a nossa história. O museu se consolidou com a adesão do público, com um grande número de visitas, que o tornaram um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. E, este ano, além de muitas obras viárias e em outras áreas essenciais, vamos dar aos manauaras de presente o hino de Manaus atualizado, regravado. É mais uma das homenagens pelos 350 anos da nossa linda Manaus”, declarou o prefeito Arthur Neto.

 

O espaço situado no Paço da Liberdade, no Centro Histórico de Manaus, funcionou por décadas como sede da Prefeitura de Manaus e hoje abriga o primeiro museu da identidade do povo manauara. Em 2018, o município colocou em ação o projeto do Muma, dando ao espaço novas formas com o projeto museográfica que contou com a curadoria de Marcello Dantas, referência internacional na projeção de museus.

 

O Museu da Cidade de Manaus dispõe de oito salas que retratam a vida cotidiana, a identidade e a cultura de gerações passadas, por meio de exposições de longa e curta duração, utilizando-se da interatividade para contar a história da cidade de Manaus a partir de textos, sons e imagens, com caráter educativo, lúdico e dinâmico e atraindo a atenção, o olhar e a sensibilidade dos visitantes.

 

De acordo com dados da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manaucult), que administra o espaço, os visitantes amazonenses que visitaram o Museu nesse período são, a maioria, da capital (60%) e cidades como Itacoatiara (20%), Parintins (10%), Manicoré, Manacapuru e Eirunepé (5%), entre outros.

 

Em nível nacional, lideram o ranking: São Paulo (40%), Pará e Rio de Janeiro (30%), Paraná, Bahia e Roraima (20%), Santa Catarina, Ceará e Maranhão (5%), seguido de outros.

 

Estrangeiros

Entre os turistas estrangeiros estão entre os principais visitantes: Estados Unidos da América (35%), Venezuela, Argentina, Porto Rico (25%), Alemanha, China (20%), Inglaterra, Canadá, Austrália, Japão, Coreia, Romênia (15%), entre outros.

 

Grupos

Diariamente o Muma recebe grupos para visitas guiadas. Na tarde de terça-feira, 8/10, por exemplo, o museu recebeu coordenadores pedagógicos e alunos do 2º ano do Colégio Educacional Pingo de Gente Laviniense Ensino Integrado para uma visita especial ao museu.

 

A atividade permitiu a interação dos alunos e coordenadores com o espaço e história, tornando a experiência enriquecedora e única para todos, como ressaltou a coordenadora pedagógica, Claudia Puça.

 

“Programamos essa atividade especial para que as crianças pudessem conhecer o museu que reúne a identidade do povo manauara, da cultura amazonense. O museu é interativo tanto para as crianças, como para os adultos. Para mim, está sendo uma aula extremamente diferente porque como educadora estou absorvendo e internalizando toda a cultura amazonense. As crianças ficaram super empolgadas porque elas podem ir além do olhar, podem participam das atividades do museu. Uma experiência enriquecedora e única”, ressaltou Claudia.

 

Exposições

O Muma dispõe de salas como a “Afluentes do Tempo”, que projeta imagens a partir de um reflexo na água, que fica represada em uma espécie de bacia em formato de rio. No espaço “Casas-Cabeças”, casas de diferentes habitantes da cidade são apresentadas em fotos em um painel touch screen. Já no “Banhos de Origens” é possível vivenciar o depoimento de pessoas de outras nacionalidades que vieram morar em Manaus.

 

O museu traz, ainda, a sala “Mercado”, com a exposição de iguarias, alimentos e objetos regionais vendidos nas feiras. O espaço “Rios Voadores” mostra a evaporação da água e o ciclo das chuvas na capital em quatro globos, enquanto a sala “Arqueologia” conta com apoio virtual. Na “Anéis de Crescimento” há uma projeção em dois pedaços de troncos e, por fim, a “Sala dos Prefeitos” mostra nomes, fotos e períodos de gestão de todos os prefeitos de Manaus.

 

Visitações

O Museu da Cidade de Manaus funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 17h com última entrada as 16h20. O acesso é gratuito, para o agendamento de escolas e grupos, o contato pode ser feito pelo número 3622-4991 e whatsapp 98822-4497.

Sobe Catracas

VANESSA ALFAIA, cantora amazonense

Ganhou prêmio de Intérprete Revelação, no Festival de Toada de Parintins 2019, com canção 'Tupinambarana'

Desce Catracas

RONALDO TABOSA, vereador de Manaus

Parlamentar foi cassado pelo TRE/AM, por infidelidade partidária a pedido do PP