DeAmazônia

MENU
Atualizado em 04/10/2019

Wilson atende 40 produtores e empresários do setor rural no 1º dia da Expoagro

Governador do AM montou gabinete dentro da 41ª Feira Agropecuária, que iniciou nesta quinta (3), em Manaus

Wilson atende 40 produtores e empresários do setor rural no 1º  dia da Expoagro Governador Wilson Lima atende 40 produtores e empresários do setor rural no primeiro dia da 41ª Expoagro (Fotos: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), atendeu um grupo de aproximadamente 40 produtores e empresários do ramo agropecuário no gabinete montado dentro da 41ª Feira e Exposição Agropecupária do Amazonas (Expoagro). No encontro, eles conversaram sobre demandas e sobre ações do Governo para desenvolvimento do setor.

 

“Nós decidimos montar esse gabinete dentro da feira para ficarmos ainda mais perto dos produtores durante a Expoagro, podermos ouvir as demandas, discutir e encaminhar as soluções. E a primeira reunião que tivemos, com representantes de todas as cadeias produtivas, foi muito importante porque tiramos dúvidas e demos alguns encaminhamentos”, afirmou o governador.

 

Para o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas, Muni Lourenço, o diálogo foi produtivo e destacou a importância de medidas que auxiliam o produtor e o empresário, como o decreto de isenção de ICMS para comercialização de bens agrários durante a Expoagro.

 

“Isso facilita a resolução e encaminhamento de adequações legais, normativos administrativos que desburocratizam, simplificam o acesso dos produtores a crédito rural, a licenciamento ambiental, à regularização fundiária. Então com um diálogo, uma conversa com o governador, isso se encurtam os caminhos para superar determinados entraves para que, realmente, os empreendimentos do setor primário possam, cada vez mais, continuar nessa trajetória de crescimento”, afirmou Lourenço.

 

Renato Gomes Pereira é produtor de laticínios no distrito de Santo Antônio do Matupi, em Manicoré também participou do diálogo no primeiro dia da Expoagro.

 

“Tratamos de incentivo ao pequeno e médio empresário e também toda a cadeia do agronegócio. Fiquei muito satisfeito e ele deu ótimas esperanças para gente”, disse.

 

O governador ainda deve atender outros representantes do setor rural durante esta edição da Expoagro, que deve movimentar R$ 30 milhões a atrair um público de 350 mil pessoas até o próximo domingo (06/10).

 

Abertura 

O governador do Amazonas, Wilson Lima, abriu oficialmente a 41ª Expoagro nesta quinta-feira (03/10), na área externa do Centro Universitário Nilton Lins, zona centro-sul de Manaus. Durante o evento, ele assinou decretos e termos de cooperação que beneficiam produtores rurais, agricultores, piscicultores e pecuaristas.

 

Valorização do produtor 

Cerca de 300 expositores participam do evento nesta edição, entre agricultores, pecuaristas, pescadores, piscicultores, produtores rurais, comerciantes de alimentos e bebidas, ambulantes e empresas do setor, incluindo investidores de outros estados.

 

O produtor rural Francisco Arruda, do município de Rio Preto da Eva, conta que a agricultura é o sustento da família e que a Expoagro é uma oportunidade de expandir o agronegócio. “Muitas vezes a gente fica isolado na agricultura e aqui nós temos chance de ter as novidades, que nós precisamos de novidades. Inclusive de máquinas agrícolas, de animais, porque nós também criamos porcos, criamos frango, criamos pato. Nós, agricultores, somos diversificados, então a gente produz muita coisa e aqui nós temos a novidade”, comemorou.

 

Para Eliana Medeiro, presidente da Cooperativa Mista Agropec de Manacapuru, o retorno da feira marca um novo ciclo para os produtores. “Era de costume nosso todos os anos ter a feira, onde temos a oportunidade de expor nosso produto, comercializar, adquirir implemento agrícolas e também fazer os financiamentos. Nos fez muita falta durante esses últimos cinco anos que não teve. Para nós hoje é uma alegria retomarmos essa feira que é importante para o produtor”, destacou Eliana.

 

O pecuarista Alberto Holanda avalia que tecnologia e pesquisa também são importantes, no contexto da Expoagro. “O evento vem para trazer entretenimento para o pecuarista, mas também vem trazendo pacote tecnológico de genética, de sistema de criação. Esses pacotes tecnológicos quem traz é a pesquisa”, considerou.

 

Incentivo

Para impulsionar as oportunidades de negócios, o governador assinou um decreto que concede incentivo fiscal e isenta de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviço (ICMS) empresas que irão comercializar maquinário e implementos agrícolas durante a Expoagro.

 

A Expoagro busca movimentar o comércio local, aumentar cadeias produtivas do agronegócio, fomentar a agricultura familiar, possibilitar aos produtores rurais o aumento na comercialização de reprodutores, matrizes, implementos e insumos agropecuários, gerar emprego e renda aos setores envolvidos, como artesãos, doceiras, autônomos e demais comerciantes.

 

Estão previstas ainda ações de crédito rural, palestras, cursos, seminários, shows com atrações artísticas culturais e regionais, exposição de animais, produtos e serviços, rodada de negócios através dos estandes, comercialização de produtos regionais, competições de três tambores, concurso leiteiro, concurso de raças, montarias em touros, visitas e orientações técnicas, cavalgada e leilões. A Feira de Produtos da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) funcionará de 17 às 22h, com 40 expositores. A entrada é gratuita.

 

Sobe Catracas

RUI MACHADO, artista plástico

Recebeu comenda da Ordem do Mérito Legislativo da Aleam, em reconhecimento por trabalho com coisas da Amazônia

Desce Catracas

RONALDO TABOSA, vereador de Manaus

Pela quarta vez, teve mandato cassado pelo TRE/AM, dessa vez, por infidelidade partidária com o PP