Sexta, 29 de maio de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 01/10/2019

Falta de combustível fez motores de avião da MAP apagarem no voo para Manaus

Primeiro motor parou em pleno voo e o segundo após pouso em Itaituba

Falta de combustível fez motores de avião da MAP apagarem no voo para Manaus

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM -  Um avião ATR-72-200 da Map Linhas Aéreas teve problemas no voo de Itaituba (PA) para Manaus (AM), no dia 16 de setembro. Faltou gasolina durante o voo. O avião seguia para a capital amazonense com 39 passageiros.

 

A aeronave não conseguiu pousar no aeroporto de Manaus, devido a problemas com outro avião e a saída foi retornar ao aeroporto de Itaituba.

 

Mas, durante o procedimento de descida o motor esquerdo falhou, e o avião fez o pouso em voo monomotor. Logo depois de aterrissar o motor direito também falhou, e por pouco não aconteceu uma tragédia.  

 

A informação é do site Aeroin.net, em matéria publicada neste dia 30 de setembro, segunda-feira.

 

Segundo o site, de acordo com informações do The Aviation Herald, o CENIPA (órgão brasileiro de investigação de acidentes) classificou como “incidente grave” e como “falta de combustível” o apagamento de ambos os motores de um avião ATR-72 da companhia aérea brasileira MAP no último dia 16 de setembro.

 

Na semana passada, houve um novo problema com o avião da Map. A empresa disponibilizou uma aeronave pequena para transportar os passageiros de Manaus até Parintins, mas não trouxe as bagagens. Houve uma reclamação.

Uma parte dos passageiros ficou no aeroporto da capital amazonense devido à capacidade desta aeronave.

 

Sobe Catracas

PAULO BARRUDADA, empresário

Fez parceria com a Hemopa, oferecendo diárias grátis em hotel, a doadores de sangue de Santarém, visando incentivar aumento de bolsas

Desce Catracas

BETO D'ÂNGELO, prefeito de Manacapuru

Afrouxou em medidas restritivas e não decretou lockdown, mesmo cidade tendo mais de 2 mil casos de covid-19 e 84 mortes.