DeAmazônia

MENU
Atualizado em 30/09/2019

Câmara de Santarém autoriza prefeito emprestar R$123 milhões da Caixa

Teve briga nas galerias da Câmara, durante sessão tensa, nesta segunda (30)

Câmara de Santarém autoriza prefeito emprestar R$123 milhões da Caixa Sessão tumultuada durante aprovação de projeto que autoriza Prefeitura fazer empréstimo de R$123 milhões

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA-  A Câmara de Santarém, no Oeste do Pará, aprovou, nesta segunda-feira (30/09), por 15 votos a 5 projeto de autoria do Executivo que autoriza o prefeito Nélio Aguiar (DEM) a fazer um empréstimo no valor de R$ 123 milhões com a Caixa Econômica Federal para obras de infraestrutura e investimentos em iluminação de led.

 

A sessão teve briga nas galerias da Câmara entre apoiadores do prefeito e aqueles que defendem os vereadores de oposição. A mesa diretora da Casa chamou a polícia para conter os ânimos. Ninguém foi preso. 

camara de santarems 

A Câmara de Santarém tem 21 parlamentares, sendo 15 da base do prefeito. A sessão teve a ausência de apenas 1 vereador.

 

A oposição era contra o empréstimo para o setor de iluminação no valor de R$ 40 milhões, justificando que essa quantia era quanto a Prefeitura arrecadava anualmente, ou seja, dinheiro suficiente para investir no setor.

 

Porém, após essas críticas, o líder do prefeito vereador Ronan Liberal (MDB), apresentou emenda reduzindo de R$ 40 milhões para R$ 25 milhões o aporte a ser gasto com a  iluminação pública, e investimento em obras saltou de R$ 83 milhões para R$ 98 milhões.

 

Ainda assim a oposição na concordou. Votaram contra a emenda e contra o projeto do Executivo  os vereadores, Ney Santana (PSDB)  Jackson do Folclore (PSL),  Valdir Matias Jr (PV), Rogélio Cebulisk (PSB) e André do Raio-X (PSDC).

 

A oposição diz que o empréstimo de R$ 123 milhões vai custar no final um débito R$ 186 milhões para a Prefeitura.

 

No final da tarde de hoje (30), o presidente da Câmara de Santarém, Emir Aguiar, emitiu Nota à Imprensa, repudiando o clima de violência que ocorreu no Poder Legislativo. “É a casa do povo, ambiente democrático, por isso não compactuamos com nenhum tipo de violência”, afirmou. 

 

NOTA DA CÂMARA DE SANTARÉM

Câmara Municipal de Santarém lamenta o ocorrido na sessão desta segunda-feira (30.09) quando grupos conta e a favor da tomada de empréstimo da prefeitura discutiram e se agrediram mutuamente.

Nesta segunda-feira acontece a apreciação do projeto de lei do executivo que pede à câmara autorização para acesso de crédito por meio de empréstimo para obras de infraestrutura e iluminação pública.

A Câmara Municipal de Santarém é a casa do povo, ambiente democrático, por isso não compactua com nenhum tipo de violência seja ela verbal ou física.

Sobe Catracas

ALAN ROBERTO, professor da rede pública estadual do AM

É idealizador de projeto que criou Canal no Youtube para promover interação entre alunos e divulgar ideias inovadoras, em forma de ajuda

Desce Catracas

FÁBIO CARDOSO, presidente do boi Garantido

Agremiação que propaga defesa da floresta e dos povos indígenas é omissa contra ataques do Governo Federal à Amazônia