DeAmazônia

MENU
Atualizado em 17/09/2019

Operação 'Delivery' cumpre mandados de prisão e busca e apreensão por tráfico de drogas, no Pará

Um dos objetivos da operação é garantir a segurança da população durante a Festa do Sairé.

Operação 'Delivery' cumpre mandados de prisão e busca e apreensão por tráfico de drogas, no Pará Operação 'Delivery' cumpre mandados de prisão e busca e apreensão por tráfico de drogas, no Pará (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA - Uma operação da Polícia Civil foi deflagrada na manhã desta terça-feira (17) em Santarém, no oeste do Pará, em cumprimento a 11 mandados de prisão e 11 mandados de busca e apreensão nas residências de pessoas suspeitas dos crimes de tráfico de drogas. A operação “Delivery”, tem a frente o delegado Jamil Farias Casseb, Superintendente Regional do Médio e Baixo Amazonas, na 12ª Região Integrada de Segurança Pública (12ª RISP).

WhatsApp Image 2019-09-17 at 10.42.59

A ação é dá continuidade ao trabalho que a Polícia tem desenvolvido no combate ao tráfico de drogas em Santarém, assim como na prevenção de outros crimes vinculados ao tráfico, especialmente por causa da Festa do Sairé, na Vila de Alter do Chão, quando aumenta significativamente o fluxo de pessoas e os investigados atendem às demandas de drogas, fazendo pronta entrega por meio de pedidos telefônicos.

 

De acordo com o superintendente, um dos objetivos dessa operação e dos demais trabalhos desempenhados pela Polícia Civil durante o Festival, é garantir a segurança às pessoas que vêm a Santarém e ao público que vai para a Vila prestigiar o Sairé.

WhatsApp Image 2019-09-17 at 10.42.32

Estão dando apoio a operação, a Direção da Seccional de Polícia, através do delegado Germano do Vale e do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI-W) sob a direção do delegado Silvio Birro, e também das equipes de policiais de municípios vizinhos.

 

Sobe Catracas

FÁBIO CAVALCANTI, jogador de dama

Amazonense foi destaque em Campeonato Nacional de Jogo de Dama e conquistou medalha de bronze na competição, em Maceió

Desce Catracas

WLADMIR COSTA, ex-deputado federal pelo Pará

Justiça Federal condenou ele e o irmão, Mário Sérgio Costa, superintendente do Incra, a perda dos direitos políticos, por usarem órgão para promoção pessoal