DeAmazônia

MENU
Atualizado em 15/09/2019

UEPA realiza extensa programação em homenagem a Paulo Freire

Eventos freireanos acontecem de 25 a 27 de setembro; inscrições abertas

UEPA realiza extensa programação em homenagem a Paulo Freire Universidade do Estado do Pará (Uepa). Foto: divulgação

DEAMAZÔNIA BELÉM, PA - Paulo Freire foi um educador e filósofo brasileiro e atualmente é considerado um dos pensadores mais notáveis na história da pedagogia mundial. Em sua ideologia, defendia como princípio maior a ideia de educação como um ato político, que não pode ser separado da pedagogia. No Brasil, Paulo Freire foi considerado o Patrono da Educação Brasileira, por meio da Lei nº. 12.612/2012. Se vivo, completaria 98 anos no dia 19 deste mês.

 

A Universidade do Estado do Pará (Uepa), por meio do Núcleo de Educação Popular (NEP), promove de 25 a 27 de setembro, o III Encontro da Cátedra Paulo Freire da Amazônia, IV Fórum de Leituras de Paulo Freire da Região Norte e XV Jornada Paulo Freire. A programação ocorre no auditório que também leva o nome do educador, no Campus I da Uepa, situado na travessa Djalma Dutra s/n, bairro do Telégrafo, em Belém.

 

A programação lançará a Campanha Latino-Americana e Caribenha em Defesa do Legado de Paulo Freire, com depoimento em vídeo de Ana Maria Freire, viúva de Paulo Freire, juntamente com o professor costaricense Oscar Jara, gravados especialmente para a abertura do evento. 

 

Para ver a programação completa do III Encontro da Cátedra Paulo Freire da Amazônia, IV Fórum de Leituras de Paulo Freire da Região Norte e XV Jornada Paulo Freire, acesse a programação.

 

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas online, até 25 de setembro.

Sobe Catracas

GERSON MOURÃO, presidente da Fundação Cecon do AM

Médico mastologista foi homenageado com Medalha Ruy Araújo, na Aleam, pelo trabalho à frente do Centro de Controle de Oncologia do Estado

Desce Catracas

RAIMUNDO MARTINS, ex-prefeito de São Paulo de Olivença (AM)

Teve contas de 2012 reprovadas pelo TCE/AM e foi multado em R$ 2,1 milhão por diversas irregularidades