Quarta, 03 de junho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 15/09/2019

Com ‘pocket show’, Márcia Novo e Manoel Cordeiro debatem sobre ritmos amazônicos

Painel 'Ritmos Amazônicos na Contemporaneidade' é direcionado a músicos, produtores e artistas e acontece neste domingo (15)

Com ‘pocket show’, Márcia Novo e Manoel Cordeiro debatem sobre ritmos amazônicos Cantora Márcia Novo. Foto: reprodução

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A cantora Marcia Novo e o produtor musical Manoel Cordeiro promovem, gratuitamente, neste domingo, 15/9, o painel “Ritmos Amazônicos na Contemporaneidade”, direcionado a músicos, produtores e artistas. A iniciativa é contrapartida ao projeto “Ep/Videoclipe Eletroboi”, contemplado no Edital de Conexões Culturais 2018, da Prefeitura de Manaus.

 

 

Na ocasião, os artistas falarão sobre suas experiências e perspectivas sobre o novo momento da música na Amazônia. Ao final, acontecerá um pocket show com algumas das novas produções que estarão por vir com o novo trabalho do Eletroboi.

 

“O projeto Eletroboi iniciou uma experimentação musical no ‘Se questa’ e então entendemos que poderíamos trazer uma sonoridade nova para o boi-bumbá. A partir disso, começamos a escrevê-lo, misturando a percussão orgânica do boi com beats eletrônicos. A ideia desse projeto é revisitar grandes sucessos da década de 90 e fazer novas produções com músicas atuais minhas compostas. Será um EP de quatro faixas”, explicou Marcia.

 

O encontro, com vagas limitadas, ocorrerá no estúdio Sonora, na rua José Álvares Maciel, no bairro Dom Pedro, e acontece das 17h às 20h. Serão oferecidas 40 vagas no total e para participar, é necessário realizar inscrição por meio do instagram: @marcianovocantora.

Sobe Catracas

RODRIGO FERNANDES, escritor paraense

Natural de Santarém, venceu concurso da Academia Paraense de Letras e Artes e obra dele ficou em 1º lugar na categoria 'Melhor Livro'

Desce Catracas

ANTÔNIO PEIXOTO, prefeito de Itacoatiara

Deputado denunciou na Aleam que médicos, que atuam na pandemia, estão há três meses sem receber salários