DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/09/2019

Capes vai ofertar 3,1 mil novas bolsas de estudo até 2020

Serão R$ 600 mi para bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado

Capes vai ofertar 3,1 mil novas bolsas de estudo até 2020 Novas bolsas serão todas ofertadas em programas com notas 5, 6 e 7.

Por Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil

 

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) vai ofertar em 2019 e 2020, 3.182 novas bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado. A nova oferta foi negociada com o Ministério da Economia. Ao todo, R$ 600 milhões serão destinados à manutenção das bolsas vigentes e à oferta das novas bolsas.

 

As novas bolsas fazem parte do montante de 5.613 que não seriam renovadas, conforme anúncio feito pelo governo no último dia 2. Com a garantia de mais recursos, a Capes voltou a garantir a oferta de parte delas.

 

Segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, as novas bolsas serão todas ofertadas em programas com notas 5, 6 e 7 - em uma escala que vai até 7 - nas avaliações da Capes. “São dos programas das melhores notas porque esses dão maior retorno para a sociedade”, disse o ministro nesta terça-feira (11), em entrevista à imprensa.

 

“Como a gente não tinha a solução, a gente segurou. Encontramos a solução, estamos soltando 3.182 novas bolsas. As pessoas que já estavam fazendo pesquisa têm recursos para continuar recebendo até o final da pesquisa deles”, complementou.

 

Com o incremento de R$ 600 milhões, o orçamento da Capes para 2020, que estava previsto em R$ 2,48 bilhões, passa para R$ 3,05 bilhões, segundo o Ministério da Educação (MEC).

Sobe Catracas

VINÍCIUS AMARAL, estudante

Paraense tirou nota mil no Enem, ao abordar democratização do cinema, inspirado Cine Líbero Luxardo, em Belém

Desce Catracas

ISAIAS BATISTA FILHO, ex-prefeito de Juruti

Bens particulares dele foram entregues à Prefeitura de Juruti, pela Justiça, por danos erários cauados ao município quando foi prefeito